Celebração

Boi Caprichoso festeja o título do Festival neste sábado (2), em Manaus

Com entrada gratuita, a esperada festa da vitória será no ‘Bar do Boi - Campeão da Luta em Poesia’, a partir das 21h, no Sambódromo

Gabrielly Gentil
online@Acritica.com
01/07/2022 às 13:53.
Atualizado em 01/07/2022 às 13:53

Boi Caprichoso se consagrou campeão do festival em 2022 (Foto: Bruno Zanardo)

As comemorações do boi-bumbá Caprichoso – o campeão do 55º Festival Folclórico de Parintins – continuam. O Touro Negro da América abrilhanta a festa da vitória em Manaus no ‘Bar do Boi - Campeão da Luta em Poesia’, que acontece neste sábado (02), a partir das 21h, no Sambódromo, na Zona Centro-Oeste da cidade. O evento contará ainda com todo o elenco do boi negro de Parintins, inclusive com os itens individuais trajando as roupas que utilizaram na arena. A noite promete ser mágica para a Nação Azul e Branca apaixonada. A entrada da pista é gratuita – camarote e mesas estão esgotados. 

“A festa da vitória vem pra coroar o trabalho que foi realizado de forma muito competente pelo Conselho de Arte do boi-bumbá Caprichoso, que idealizou o espetáculo em três noites e que trouxe esse título pro Caprichoso: um título inédito, porque marca a história do Festival de Parintins. A falta do boi, a falta do folclore para aqueles que amam o festival era gigantesca”, relata Marilza Mascarenhas, da assessoria do boi Caprichoso.

Produção e estrutura
A festa da vitória do Caprichoso em Manaus, historicamente realizada pelo Movimento Marujada, contará com os itens em roupa de arena; e o roteiro musical será praticamente o mesmo tocado nas três noites de festival. Também haverá participações especiais de outros artistas musicais, além de Edmundo Oran, Patrick Araújo e Prince do boi; Marujada de Guerra e Galera também vão estar presentes. Além de cênicas, dançarinos e toda uma preparação especial para a festa. 

Uma superestrutura está sendo montada para atendimento ao público da festa, a exemplo dos bares. O torcedor azulado também pode esperar efeitos especiais e algumas surpresas relacionadas à arena. 

Sentimento torcedor
A ansiedade toma conta do torcedor azulado que está em contagem regressiva para o tão aguardado festejo da vitória em solo manauara. Pois essa é, também, uma grande oportunidade para aqueles que não puderam prestigiar o festival ou ainda comemorar a conquista do título de pertinho na Ilha da Magia.  É o caso da jornalista Joyce Dácio, que já confirmou presença no evento junto à família. 

“Minha expectativa é grande, porque espero ver um pouco do que ele [boi Caprichoso] mostrou na arena; por motivos de trabalho não pude ir ao festival e aproveitar como gostaria. Levarei meus filhos [ao Bar do Boi], que pela primeira vez terão o contato com o bumbá. Minha família inteira é Caprichoso, então, pra mim, será um momento bem especial”, diz ela.

O presidente do Movimento Marujada, Beto Vital, considera o evento de comemoração em Manaus mais do que especial e justo.

“Nada mais justo que Manaus tenha essa festa, nada mais justo que as pessoas que não foram ao festival estejam presentes pra comemorar esse título: que é o título  que a gente está chamando de festival dos festivais. É um marco na história. A partir de 2023, tanto o Caprichoso, quanto o contrário vão ter que superar, ainda mais, o que foi feito em 2022. Essa festa da vitória tem um sabor diferente: ela tem o sabor de missão cumprida da gestão atual do Caprichoso, que é comandada pelo presidente Jender Lobato”, celebra ele. 

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por