Publicidade
Entretenimento
TELEVISÃO

Canal de TV Boomerang aposta na animação infantil brasileira ‘Zuzubalândia’

Primeira produção original do País para o canal norte-americano estreia dia 25 de maio, inspirado no livro “Jujubalândia” sobre a história de uma abelha 06/05/2018 às 08:25
Show capturardwdfwef
Zuzu é a personagem principal que viverá as aventuras no Reino de Zuzubalândia
Maria Paula Santos Manaus (AM)

No próximo dia 25 de maio, a partir das 18h, pelo horário de Brasília, o canal Boomerang estreia o programa “Zuzubalândia”, sua primeira produção original brasileira. Criada por Mariana Caltabiano, a animação é inspirada no livro “Jujubalândia”, também de autoria dela, e conta a história de uma abelha chamada Zuzu, que vive em um reino onde tudo é feito de comida. O programa aborda de modo divertido e sutil a importância de manter o equilíbrio não só na alimentação, mas em tudo na vida.

A primeira temporada terá sete episódios de 7 minutos. Cada um traz muito humor e um visual único, com cores vibrantes e muita diversão. O reino de Zuzubalândia já é conhecido por alguns -  há 20 anos, a animação estreava nas telinhas brasileiras, em outro canal, com fantoches e muita música. Com as novas tecnologias, agora o mundo de comida pode ser bem mais explorado. 

“Trabalhar com bonecos é legal, mas há uma série de limitações físicas. Na animação tudo é possível, o personagem pode voar, inflar, esticar e viajar para onde for a nossa imaginação. Além disso, o reino ganhou novos cenários e uma variedade maior de alimentos. Outra vantagem é que agora tenho mais experiência do que naquela época, hoje posso dizer que conheço melhor os personagens, isso facilita na hora de escrever as histórias”, comenta Mariana Caltabiano.

Zuzubalândia 

Nesse reino feito de comida, as  montanhas são de sorvete, as casas de doces e os rios de chocolate. Lá todo mundo esquia e faz bonecos de sorvete nas montanhas geladas. A personagem principal se chama Zuzu,  uma abelha de olhos verdes, sapatos pretos e nariz cor-de-rosa. 

Em Zuzubalândia há um garoto chamado Briga Deiro, que é louco por judô, karatê e capoeira. Zuzu é apaixonada por ele. Tem também a Maria Mole, uma garota superpreguiçosa. Ela é tão preguiçosa que às vezes anda de carrinho de supermercado para não ter que usar os pés. Tem ainda a Pipoca, que vive pulando. Ela é namorada do Suspiro, um garoto romântico, que é apaixonado por ela.

O objetivo da série é abordar os princípios de uma educação alimentar de qualidade para as crianças, mas Zuzu consegue ir além disso. “Esse é um dos temas abordados na série. Não é um tema obrigatório nos episódios. Em muitas das nossas histórias, o objetivo é simplesmente divertir e fazer as crianças rirem. Acho que o bom humor também é fundamental pra nossa saúde”, completa a criadora.

Novo Horizonte

“A Bruxa Anoréxica continua querendo destruir o reino da comida e acabar com o canto desafinado da Zuzu. Mas agora ela também frequenta o castelo do Frankenstein e recebe visitas do Conde Drácula. Sua assistente Garfídea aparece mais do que na série antiga. Acho que acertamos muito na escolha da atriz que a interpreta, isso acabou deixando a personagem mais engraçada”, adianta Mariana quando questionada sobre o rumo da série. 

“A Zuzu quer estrelar um filme em Hollyfrutti e contracenar com o verdadeiro Brad Pizza. Na série, num episódio, ela contracena com a Bruxa disfarçada de Brad Pizza. Ela também pretende fazer uma turnê mundial ao lado do Justin Ziber ou do Adam Espaguetini. O Rei Apetite quer criar um parque temático inspirado em Zuzubalândia. Lá os visitantes vão poder pular em camas elásticas de gelatina e escorregar em tobogãs de sorvete”, finaliza.

Com a obesidade infantil continua sendo um dos males da alimentação infantil hoje em dia, um programa como esse parece ser fundamental na educação, principalmente por tratar o assunto com humor. “As histórias promovem o bom senso e o equilíbrio, que na minha opinião são fundamentais pra uma vida feliz e saudável, principalmente nos dias de hoje em que vemos radicalismos em diversas áreas”, afirma Mariana.

Produção

Mariana Caltabiano é publicitária, escritora, diretora e roteirista de desenhos animados; fundou a Mariana Caltabiano Criações e é também a criadora de personagens infantis marcantes, como a menina Garrafinha, Gui e Estopa, o cão Iguinho, e a charmosa abelha Zuzu, conhecida desde 1997 e que chegou inclusive a estrear sua própria peça musical.

Após estudar cinema em Nova York, na NY Film Academy e na School of Visual Arts, ela voltou para o Brasil para marcar a vida de muita criançada, chegando a ser roteirista de programa infantis como o da Eliana e Angélica.  Além disso, Mariana já produziu os longas infantis “As Aventuras de Gui & Estopa” e “Brasil Animado”, o primeiro filme nacional em 3D. 

O mundo que criou já teve mais de 120 episódios no canal SBT e chegou a ser exibida pela TV Rá-Tim-Bum. Para contar essa história, Mariana se inspirou em memórias reais de sua infância e deu vida aos divertidos moradores do apetitoso reino de Zuzubalândia.

“A Zuzu pra mim é sinônimo de aprender a rir de si mesmo e de não se levar tão a sério. Ela é uma péssima cantora, mas isso não a atrapalha em nada. Já o reino de Zuzubalândia pra mim é sinônimo de infância feliz. Quando eu era criança costumava desenhar um lugar onde tudo era feito de comida. Essa época nunca saiu da minha cabeça. Essa memória feliz me inspirou a escrever o livro Jujubalândia. Acho que através do livro, consegui transmitir um pouco dessa felicidade pra outras crianças e ao mesmo tempo despertar o interesse delas pela leitura”, finaliza ela.

Publicidade
Publicidade