DIÁLOGO

Após debandada, vice-presidente do Garantido promete diálogo para controlar a crise

Ida Ferreira foi a primeira da diretoria a se pronunciar sobre o caso: “A gente vai ajustar tudo”

Isabella Pina
online@acritica.com
27/06/2022 às 15:58.
Atualizado em 29/06/2022 às 19:26

Ida Ferreira quer utilizar o diálogo como forma de controlar a crise que atinge o boi Garantido (Foto: Junio Matos)

Na manhã seguinte ao final do Festival de Parintins, o Garantido encara verdadeira debandada de figuras importantes dentro da agremiação. Depois do levantador Sebastião Jr, David Assayag, Edilson Santana e Rogely Ferreira, a intérprete da mãe Catirina,  também deixaram o boi vermelho.

Após a apuração do Festival, que consagrou o Caprichoso campeão, a vice-presidente do boi vermelho e branco, Ida Ferreira, foi a primeira da diretoria a se pronunciar sobre o caso. Ela afirma que o Garantido busca conversas individuais com todos para controlar a crise.

“Vamos ter uma conversa com todos. Acolhê-los da melhor forma que podemos fazer. Colocar cada um no seu devido lugar. Vamos ter com todos, fazendo o melhor pro nosso boi Garantido. Eles se pronunciaram de manhã e vamos ter que conversar. A gente vai ajustar tudo”, disse.

Ao falar sobre ajustes pontuais e urgentes que precisam ser feitos dentro da agremiação para manter o grupo, ela discursa sobre valorização de quem sempre “valoriza” a agremiação. 

“Nós devemos dar valor a quem sempre nos dá. Sempre nos deu. Eu valorizo isso. Vamos ajustar da melhor forma quem nos valorizou sempre, e disso eu tenho certeza”, concluiu a vice

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por