Domingo, 18 de Abril de 2021
CAUTELA

Média móvel de mortes e casos no AM está em queda, mas ocupação de leitos segue alta

Mortes caíram 46% nos últimos 14 dias, mas porcentagem de UTIs ocupadas segue acima dos 90% e 260 pessoas aguardam internação em hospitais



photo4976835149022996804_6FCAF6DE-CEF3-4505-A2BB-4F6207358226.jpg
18/02/2021 às 18:11

A média móvel de mortes por Covid-19 no Amazonas caiu 46% nos últimos 14 dias. No mesmo período, a média móvel de casos confirmados diminuiu 31%. Os dados são da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).

O cálculo para chegar à média móvel avalia a variação percentual em intervalos de 14 dias. No caso das mortes, por exemplo, a FVS-AM comparou a soma dos números de óbitos de 1º a 7 de fevereiro com a soma de 8 a 14 do mesmo mês e identificou a redução de 46%.



Nesse mesmo período, os indicadores mostram que, especificamente na capital, a redução na média móvel foi de 41%. Já em relação aos 61 municípios do interior, a queda é ainda maior. A média móvel de mortes no interior apresentou queda de 57%.

Em relação à média móvel de casos confirmados, o interior também registrou queda maior que a capital com uma redução de 33%. Na capital, a atenuação da média móvel registrada foi de 30%.

As reduções passaram a ocorrer após um mês e meio do início da aplicação de novos decretos com medidas de restrição e da intensificação na abertura de leitos na rede pública e, também, da transferência de pacientes para outros Estados do País.

Ocupação de leitos

O Governo do Amazonas segue com o trabalho de abertura de novos leitos exclusivos para Covid-19, tendo aberto mais de 160 somente nas últimas duas semanas.  A medida é necessária para fazer frente à necessidade de internação de pacientes com a doença. A taxa de ocupação de leitos, nesta quinta-feira (18/02), é de 92% para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e de 76% para leitos clínicos. Além disso, havia 260 pessoas na fila aguardando leitos para internação até o dia 16, segundo boletim da FVS.

Flexibilização

Em razão dessa taxa de ocupação de leitos ainda elevada e para manter o movimento de queda de casos e óbitos, o Governo do Estado recomenda que a população permaneça adotando as medidas de prevenção, como distanciamento, uso de máscara e higienização das mãos.

A redução desses indicadores é fundamental para que novas medidas de flexibilização das atividades econômicas possam ser adotadas. Todas as decisões são tomadas pelo Comitê de Estadual de Enfrentamento da Covid-19, com base em dados da vigilância epidemiológica de da rede de assistência à saúde.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.