POSIÇÃO

Wilson contrapõe Bolsonaro e reafirma medidas de isolamento no AM

Protocolo de isolamento é recomendado pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério da Saúde para conter avanço do vírus. Em pronunciamento, Bolsonaro recomendou que as pessoas abandonem restrições

Cley Medeiros
25/03/2020 às 11:27.
Atualizado em 22/03/2022 às 16:41

(Foto: Reprodução/Facebook)

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), utilizou as redes sociais para se posicionar contra o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na noite dessa terça-feira (24).

Por meio de um vídeo no Facebook postado logo em seguida ao pronunciamento de Bolsonaro, o governador afirmou que continuará com as medidas de restrições adotadas contra a a ampla circulação e aglomeração de pessoas nos espaços públicos. A determinação do Governo do Amazonas, explicítia em uma série de decretos, impõe suspensão da circulação de transporte não essencial nas rodoviais federais e estaduais, além de bloquear o trânsito de pessoas nos transportes fluviais em todo o Amazonas.

O Amazonas adotou a restrição para bares, restaurantes, igrejas e outros pontos de aglomeração. A polícia militar está realizando operações de orientação em parceria com técnicos da Fundação Vigilância e Saúde (FVS-AM), com o objetivo de conscientizar a população para que fique em casa. Todos os países que estão enfrentando o vírus, adotaram medidas que impedem a circulação de pessoas, para ajudar a conter a proliferação do vírus para o grupo de risco.

No vídeo, o governador afirma: "A minha posição é muito clara. Não vamos voltar atrás de nenhuma decisão que foi tomada pelo estado do Amazonas. Até porque elas foram tomadas de maneira responsável e seguindo o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde do Governo Federal", disse.

Confira:

   

 

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por