Publicidade
Cotidiano
ANIMAIS

PF prende oito pessoas com 700 quelônios dentro de terra indígena no Amazonas

Segundo a polícia, eles invadiram a região de reserva para pegar os animais. Também foram apreendidos 150 quilos de pirarucu, armas e cartuchos 13/12/2017 às 10:52 - Atualizado em 13/12/2017 às 11:28
Show show tartarugas
Os homens foram presos por crime ambiental (Foto: Divulgação/PM)
acritica.com Manaus (AM)

Oito pessoas foram presas pela Polícia Federal na madrugada dessa terça-feira (12) com cerca de 700 quelônios – entre tartarugas, jabutis e cágados – dentro de três canoas no rio Ituí, no perímetro da Reserva Indígena do Vale do Javari, na região Sudoeste do Amazonas. Os presos têm idades entre 18 e 43 anos.

Conforme informações da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) também foram apreendidos 150 quilos de oirarucu salgado, seis espingardas calibre 16 sem registro e 20 cartuchos importados de calibre 16, além de pertences pessoais e materiais de pesca, tarrafa e malhadeira.

Os criminosos foram apresentados para procedimentos cabíveis na sede da delegacia da Polícia Federal de Tabatinga, município localizado a 1.108 quilômetros de Manaus. Eles devem ser indiciados por crime ambiental e invasão de terras indígenas protegidas.

Publicidade
Publicidade