Quinta-feira, 06 de Maio de 2021
Energia

CooperSol inaugura 2.880 painéis de energia solar na AM-010

Ela gera energia para 86 cooperados, mas também distribui energia para empresas. É o maior investimento do gênero no Amazonas e em menos de seis meses já vendeu todas suas cotas



172219655_10225820404361328_6390270229460746551_n_3CA66444-43CC-4906-94B9-520AEE05F129.jpg Foto: Divulgação
11/04/2021 às 20:14

A Cooperativa de Energia Renovável do Amazonas – CooperSol lançou formalmente hoje (11) a sua usina solar com 2880 painéis de energia fotovoltaica no quilômetro 23 da rodovia AM-010.

Ela gera energia para 86 cooperados, mas também distribui energia para empresas. É o maior investimento do gênero no Amazonas e em menos de seis meses já vendeu todas suas cotas. Por este motivo vai construí mais outras duas plantas geradoras de energia limpa ampliando para mais 4656 paineis até setembro de 2021.

A segunda instalação será no BR 174 no quilômetro 14 e a terceira ao lado da atual na rodovia AM-010. Ao todo serão 7.536 painéis da maior cooperativa de energia solar da Amazônia.

Segundo o presidente da CooperSol,José Merched Chaar, 72, trata-se de usinas de energia solar com capacidade de diminuir a conta de luz de seus cooperados e de todas as empresas que comprarem a energia excedente.

O presidente da Expertise Energia,Jamil Chaar,38, disse se tratar de um excelente investimento cooperado, que além do baixo impacto ambiental permite o barateamento da conta de luz gradativamente e melhor qualidade de vida para os cooperados. "O retorno do investimento tem sido excelente, o que nos permite ampliar o nosso parque de energia solar de forma inédita", destacou.

Segundo o diretor técnico da CooperSol, Cláudio Guenka,44, "está se criando todas as condições para que os atuais e futuros cooperados tenham retorno seguro no mercado amazonense com energia limpa e de baixo custo".

O diretor regional do Sistema Sicoob do Amazonas, José Carlos Castelo Alves, disse "que todas as operações de financiamento para quem deseja adquirir painéis solares estarão sendo feitas alinhadas com o princípio igualitário do cooperativismo defendido pela CooperSol".

O investimento mínimo é de 12 placas, a um custo médio de R$ 1.700,00 por unidade, o que resulta em um total básico de R$ 20.400,00.

O Membro do Conselho Fiscal da CooperSol, Teófilo Gomes,75, disse "que a cooperativa oferece segurança aos cooperados e que o investimento tem retorno garantido e contribui para a qualidade do meio ambiente,sem poluição".

O gerente regional do Sistema Sicoob Amazonas, Michel Alisson, 33, disse "que o mercado amazonense é um dos que mais cresce no setor e que a prioridade é financiar os cooperados e investidores interessados em todas as escalas empreendedoras".

A CooperSol foi constituída no dia 28 de julho de 2020 com o objetivo de produzir a própria energia, que será distribuída na forma de créditos em quilowatt-hora (kWh) nas contas de consumo de energia elétrica dos cooperados. O projeto inovador é pioneiro no Estado do Amazonas e o grupo cumpriu todas as etapas legais para o funcionamento.

A primeira Diretoria Administrativa eleita pelos sócios fundadores da CooperSol para cumprir mandato de 04 anos, é formada por José Merched Chaar (diretor-presidente), Cláudio Guenka (diretor-técnico) e Jesus Pinheiro (diretor-secretário).

A Expertise Energia Solar que atua no mercado de geração distribuída desde 2016, e já tem mais 3MW (10.000 painéis fotovoltaicos) instalados, elaborou o projeto aprovado pelos cooperados e construiu a usina da CooperSol que já está gerando energia com resultados diários superiores ao esperado.



Especial para A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.