Domingo, 16 de Junho de 2019
LEVANDO A BANDEIRA

Estudantes amazonenses faturam medalhas na Olimpíada de Matemática na Ásia

Quinze estudantes do Amazonas participaram da competição na Tailândia. No total, a delegação brasileira que participou da Olimpíada contou com aproximadamente 250 estudantes de escolas públicas e privadas



WhatsApp_Image_2018-08-06_at_16.50.44.jpeg
06/08/2018 às 17:00

Os estudantes amazonenses das escolas estaduais Waldocke Fricke de Lyra (CMPM III), Marcantônio Vilaça II (CMPM II) e Lecita Ramos da Fonseca conquistaram sete medalhas de bronze e uma de prata durante a participação na Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia (AIMO), que aconteceu no último fim de semana, em Bangkok, na Tailândia. 

Um grupo formado por 15 estudantes, além de professores da rede pública estadual do Amazonas, embarcou no dia 1º agosto para a Tailândia. Antes, eles foram medalhistas da etapa nacional da Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras (OIMSF) e conquistaram a oportunidade de participar da Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia. 

A participação na olimpíada rendeu aos estudantes da escola Marcantônio Vilaça II (CMPM 2) uma medalha de prata e duas de bronze; duas medalhas de bronze aos alunos da escola Waldocke Fricke de Lyra; e três medalhas, também de bronze, aos estudantes da escola Lecita Ramos da Fonseca. 

Para o secretário de Educação, professor Lourenço Braga, o esforço desses jovens serve de incentivo para que ano que vem um grupo ainda maior vá para a disputa internacional.

"O desempenho dos nossos alunos é o reflexo de uma somatória de investimentos realizados na educação que visam oferecer aos alunos o melhor para o crescimento intelectual, social e afetivo. Vamos continuar incentivando iniciativas como essa e ano que vem vamos mandar uma equipe maior", destacou o secretário, que deve receber os alunos na volta para Manaus, na sede da SEDUC.

Conquista

A jovem Inara Amaral Teixeira é aluna do 3º ano do Ensino Médio da escola Lecita Ramos da Fonseca e conquistou medalha de bronze na competição. Satisfeita com o resultado, Inara disse que participar da olimpíada foi uma importante experiência.

“Foi muito prazeroso participar dessa olimpíada e ter a chance de conhecer uma nova cultura e ganhar a medalha de bronze com meus colegas em nível internacional. Agradeço muito a todas as pessoas que me apoiaram. Foi incrível. Foi uma experiência única e que pode servir de incentivo para todos os amantes da Matemática”, afirmou a estudante. 

José Marcos Cabrera Neto, que é aluno do 3º ano do Ensino Médio da escola Lecita Ramos, participou da competição e também volta para o Amazonas com uma medalha de bronze.

“Quero agradecer a todos os envolvidos que estiveram todo o tempo nos ajudando para que desse certo, principalmente a nossa professora de Matemática, que foi uma das pessoas que mais nos ajudou. Uma grande parte dessa conquista foi graças a ela. Foi muito boa essa viagem porque pudemos aprender sobre uma nova cultura e descobrir várias coisas novas, que nunca tínhamos visto antes. Por isso que a Matemática é uma matéria muito boa e ela pode te proporcionar experiências muito incríveis”, disse, destacando ainda o apoio que recebeu dos pais e da Secretaria de Educação. 

Dedicação

O estudante do 3º ano do Ensino Médio da escola Marcantônio Vilaça II, Ramon Kelvin Cabral Bezerra, de 16 anos, foi medalhista de prata na competição.

“O caminho até lá foi muito difícil. Foi muito estudo, muito esforço, principalmente por conta de amigos, professores, familiares. Um dos nossos professores de Matemática do colégio, professor Moraes, sempre fazia aulas de reforço, meus amigos sempre me incentivavam a fazer mais e mais questões para treinar e no final tudo isso acabou valendo a pena, porque no dia da prova, mesmo sendo uma prova muito complicada, com pouco tempo pra fazer, consegui dar o meu melhor e no final acabei conseguindo essa medalha de prata e foi uma grande emoção”, contou o jovem. 

Competição

A delegação brasileira que participou da Olimpíada contou com aproximadamente 250 estudantes de escolas públicas e privadas de todo o país. Eles concorreram, individualmente, em avaliações redigidas em Língua Inglesa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.