Quinta-feira, 04 de Junho de 2020
ATENÇÃO

Férias: voos longos inspiram cuidados com a saúde; veja dicas

Especialista alerta para o perigo da síndrome do viajante - uma coagulação do sangue dentro dos vasos que podem formar embolos e levar até à morte



viagem-aviao-familia-ferias_A0FA0883-8665-4AF5-8395-36501B516713.jpg
07/01/2020 às 12:07

Passadas as festas de final e começo de ano, muita gente já está contando as horas para começar uma viagem de férias. Para que não haja nenhum problema, alguns cuidados com a saúde precisam ser tomados por aqueles que vão encarar muitas horas de voo. Afinal, ninguém que transformar algo tão esperado em um momento trágico.

“A maioria dos voos que saem da Manaus duram muitas horas, o que é um perigo para estar propício à síndrome do viajante, que é uma coagulação do sangue dentro dos vasos que podem formar embolos. Essa é a famosa e tão temida trombose venosa profunda, que pode levar até mesmo à morte”, explicou a médica cirurgiã vascular Fabiana Lo Presti.



Segundo a especialista, esses coágulos podem se deslocar pela corrente sanguínea chegando ao pulmão, ocasionar a embolia pulmonar. Para evitar qualquer transtorno durante as viagens longas, a médica recomenda uma avaliação com o especialista para analisar os riscos de problemas vasculares. “Muitas vezes o paciente já apresenta indícios de doenças cardiovasculares que não estão sendo monitoradas e que podem ser reveladas com mais intensidade durante as férias”, ressaltou.

O que torna a viagem de avião perigosa é justamente as condições do voo relacionadas à  temperatura, umidade do ar e mobilidade. Dados comprovam que o tempo médio para o surgimento da trombose venosa profunda seja em torno de 3 a 4 horas de viagem, mas isso varia de acordo com cada paciente e as suas condições de saúde.

Existem alguns grupos de riscos que devem ter ainda mais atenção ao embarcar, são as pessoas com  diabetes, obesidade, fumantes, as que possuem varizes, mulheres acima de 40 anos e as gestantes. Também deve-se evitar a ingestão de álcool durante o voo e o uso de alimentos muito pesados antes de embarcar.

Sintomas e cuidados

Os primeiros sinais de que está ocorrendo algum problema podem ser observados rapidamente e são dor, calor excessivo, vermelhidão e rigidez na região onde se formou a trombose ou até mesmo dor no peito e falta de ar. A partir daí, é importante que se procure ajuda imediatamente”, afirmou a especialistas.

Segundo ela, alguns cuidados podem minimizar o problema. O ideal é a ingestão de bastante água, que ajuda na coagulação do sangue; evitar comer alimentos muito pesados e gordurosos antes de ambarar e, principalmente, manter a movimentação durante o voo. “Procure levantar e caminhar pelo avião a cada hora e meia, pode levantar e abaixar para exercitar as panturrilhas e movimentas os tornozelos, o que auxilia bastante no bombeamento do sangue”.

Ainda de acordo com a médica, esses são apenas alguns cuidados e não uma informação alarmista. “Uma pessoa com a saúde em dia não precisa ter medo de viajar de avião por conta desses casos. A visita ao médico é fundamental para eliminar qualquer possibilidade de problemas. Com esses cuidados, todo mundo pode aproveitar bem a viagem”, afirmou.

Mais informações podem ser obtidas através do perfil de instagram @icvmanaus ou pelo canal de youtube www.youtube.com/saudevascular.

Fabiana é Médica formada pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), com residência em Cirurgia Geral pelo Hospital Piedade Rio de Janeiro, residência em Cirurgia Vascular pelo Hospital de Força Aérea do Galeão Rio de Janeiro, com título de Especialista em Cirurgia Vascular pela SBACV/AMB e Título de Especialista em Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular pela SBACV/ AMB.

 
 
News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.