Sábado, 20 de Julho de 2019
RESGATADO

Garoto de 8 anos sequestrado ficou em cativeiro por 12 horas no Amazonas

A criança que é natural do Peru foi sequestrada por quatro homens originais do mesmo país. Eles conheciam os pais da criança e pediram o valor de R$ 45 mil para liberá-lo



beja_B24C6EB6-79E2-43FE-BDDB-30EB6CD0CB2E.JPG O menino ficou escondido em uma hospedaria da cidade de Benjamin Constant (Foto: Arquivo AC)
26/12/2018 às 18:44

O menino de 8 anos sequestrado na véspera de Natal, na última segunda-feira (24), foi mantido em cárcere privado por 12 horas seguidas no município de Benjamin Constant (localizado a 1.121 quilômetros de Manaus). Os sequestradores pegaram o garoto por volta das 21h da última segunda-feira (24), mas a polícia só o resgatou às 9h dessa terça-feira (25).

Segundo o titular do Distrito Policial do município, delegado Carlos Pedro, o menino que é de família peruana e reside acompanhado dos pais no interior do Amazonas, foi pego por quatro peruanos. Um deles apontou uma faca para a criança para que ela subisse em uma motocicleta.

"Um criminoso foi conduzindo a moto, enquanto o garoto estava atrás com outro bandido. O sequestrador subiu em outra moto, acompanhado de mais um. A vítima foi levada para um quarto de uma hospedaria que tinha sido alugada pelos criminosos", informou o delegado.

Os pais peruanos ficaram sabendo do sequestro do filho por meio de uma carta, escrita em espanhol, deixada na porta da casa da família. O valor cobrado para que o garoto fosse devolvido com vida era de R$ 45 mil.

Após serem notificados, policiais militares montaram uma operação para deter os sequestradores e resgatar a vítima. Dois dos adolescentes envolvidos no sequestro foram apreendidos em uma rodovia da região no momento em que foram buscar a mochila onde estaria o valor do resgate.

"Os sequestradores deixaram uma carta cobrando o valor do resgate por baixo da porta da casa dos pais da vítima. Dois sequestradores foram presos no momento da entrega do valor do resgate. Os polícias militarem já tinham a informação e ficaram esperando a entrega do valor do resgate. A vítima e os pais são peruanos e tem um comércio em Benjamin Constant", destacou o delegado do município.

Um dos adolescentes capturados acabou revelando o paradeiro do menino, que estava escondido em uma hospedaria na rua 1º de Maio. Lá, os policiais apreenderam o terceiroa dolescente infrator e conseguiram libertar a vítima. Em seguida, os jovens revelaram que um homem de 20 anos, identificado como Issaias Saldanha Juarez, também estava envolvido no crime e os policiais o localizaram e prenderam.

"O homem e os três menores apresentado na delegacia são peruanos e residiam em Benjamin Constant e conheciam a vítima e seus pais. A maior parte do resgate era falso", completou o delegado Carlos Pedro. 

Todos os quatro suspeitos foram conduzidos ao 51º Distrito Integrado de Polícia de Benjamin Constant para os procedimentos cabíveis.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.