Quinta-feira, 23 de Setembro de 2021
Covid-19

Governo estadual envia equipes para realizar diagnóstico na fronteira do Alto Solimões

Ações como testagem em massa e intensificação de vacinação serão executadas em Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte



WhatsApp_Image_2021-08-02_at_16.01.44_F8639CB6-C577-47EC-84F4-2BF508B82A6B.jpeg Foto: Tácio Melo/Secom
02/08/2021 às 16:24

O Governo do Amazonas enviou, na tarde desta segunda-feira (2), uma equipe de profissionais para realizar um diagnóstico situacional na região de fronteira do Alto Solimões, tendo em vista um alerta de risco para Covid-19 e a entrada de novas variantes. Ações de reforço como testagem em massa e intensificação de vacinação serão executadas nos municípios de Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte.

Ao todo 26 profissionais de saúde da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-FVS), Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), Secretaria de Assistência do Interior (Seai) e Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), foram enviados para Tabatinga, região de fronteira do Alto Solimões.

De acordo com a diretora-técnica da FVS-RCP, Tatyana Amorim, a ação de forma conjunta tem o objetivo de evitar a entrada de novas cepas a partir de outros países. A estratégia é reforçar a vigilância nas portas de entrada dos três municípios.

“É uma equipe com bastante representatividade. O intuito é implantar vigilância genômica na fronteira. Nós sabemos o risco que está tendo da entrada de novas variantes, dentre elas a lambda e a delta, então precisamos reforçar isso nas portas de entrada. Serão colocados lá uma equipe de testagem e vacinação, para reforçar as portas de entrada nos portos dos respectivos municípios”, disse a diretora-técnica.

A atividade faz parte do plano de ação elaborado pela FVS-RCP, após a emissão de alerta de risco para Covid-19, na quinta-feira (29), após receber notificação de surto na cidade de Islândia, no Peru, que apresenta risco para a região de fronteira no Alto Solimões.

O secretário executivo de Assistência ao Interior, Cássio Espírito Santo, destacou que nenhum dos três municípios apresenta internações por Covid-19 neste momento, entretanto, acrescentou que a SES-AM atuará de forma preventiva na avaliação da assistência local em caso de emergência.

“A gente já tem um plano de contingência para essa região, a gente sempre atualiza de acordo com alguma necessidade, mas a secretaria de estado está pronta para qualquer problema que a gente possa ter naquela região ou em qualquer outra região do estado”, frisou.



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.