Domingo, 07 de Março de 2021
TRISTE ALTA

Mortes por causas naturais no AM cresceram mais de 40% em 2020

Mortes por doenças, como a Covid-19, também são consideradas naturais. Número de nascimento praticamente não teve alteração entre 2019 e 2020



HTH__JM7216_0007216_3E7E9EF5-F47A-46B9-BB2C-FCB86C6F527F.JPG Foto: Junio Matos
15/01/2021 às 11:38

O número de mortes por causas naturais teve um aumento durante o ano atípico de 2020 por conta da pandemia do novo coronavírus. Para se ter noção, no ano passado, o Amazonas contabilizou 14.802 óbitos por causas naturais, enquanto em 2019, o número era menor, com 10.428 mortes contabilizadas, representando aumento de 41,94%.

Os dados foram disponibilizados pela Associação dos Notários e Registradores do Estado do Amazonas (Anoreg/AM) à reportagem. A curiosidade é que o número de nascimentos de 2020 continuaram os mesmos de 2019, apresentando apenas uma pequena diferença.



O Estado teve o total de 53.732 nascimentos em 2020, e no ano anterior, obteve 53.741 registros de nascimentos. O maior número de nascidos, no ano passado, foi registrado em outubro, quando 5.527 crianças vieram ao mundo naquele mês. Os dados mais recentes de nascimentos foram mais expressivos que 2018, quando nasceram 46.838 pessoas no Amazonas.

Mortes por Doenças Respiratórias

Ao analisar os dados, é perceptível que as doenças respiratórias, incluindo a Covid-19, foram as maiores causas de mortes naturais no ano passado no Amazonas. As mortes naturais são resultantes de um mau funcionamento do corpo, como uma doença, diferente das mortes causadas por forças externas, como um acidente ou um homicídio.

Entre as mortes naturais no Amazonas, ao menos 774 pessoas faleceram em decorrência da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 2020. No ano de 2019, somente 20 pessoas faleceram devido a essa doença. Quanto à Covid-19, a Anoreg/AM registrou 2.941 óbitos por conta da pandemia.

A capital amazonense também apresentou números significativos. Conforme os dados, 737 indivíduos faleceram por conta da SRAG em 2020. No ano anterior, apenas 32 faleceram por conta da Síndrome. Já referente ao novo coronavírus, 2.347 pessoas morreram devido a doença.

Números Gerais de Mortos

A somatória de causa naturais e causas não naturais levaram o total de 18.665 pessoas falecidas no ano passado no Amazonas. Em 2019, o número era de 14.477 mortos. Já em Manaus, 15.231 pessoas morreram seja de causas naturais ou não. No ano anterior, a capital havia registrado 12.240 mortos no total.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.