Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Manifestações: Feriado da Independência

Partidários de Bolsonaro farão dois protestos, em Manaus, na terça, mesmo dia de ato contra o presidente

Apoiadores do presidente marcaram manifestações para a Ponta Negra e o Centro de Manaus, mesma área da realização do Grito dos Excluídos



Manifestacao_apoio_Bolsonaro_9634C929-8066-42AD-AECF-FD456B88FEF1.JPG Foto: Junio Matos
05/09/2021 às 10:06

O dia 7 de setembro, feriado da independência do Brasil, será movimentado em Manaus. De um lado, bolsonaristas realizarão atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), contra o Superior Tribunal Federal (STF) e em defesa das liberdades individuais. Do outro, protestos contra o presidente e as ações do governo federal, o descaso no combate à pandemia de Covid-19 e a favor dos pedidos de impeachment.

Liderados pelo ex-superintendente da Suframa, o coronel Exército Brasileiro Alfredo Menezes (Patriota), os movimentos conservadores e de direita do Amazonas farão uma marcha em apoio ao presidente com concentração a partir das 15h, na Praça do Congresso, em frente ao Instituto de Educação do Amazonas (IEA), Centro de Manaus. A previsão de saída é às 16h em direção ao Largo São Sebastião. 



Além de partidários do movimento, a coordenação do evento diz que os atos irão contar com a participação de nomes da cultura popular do Estado, que irão realizar uma grande demonstração de patriotismo, ao dar um abraço simbólico no Centro da capital do Amazonas. 

“A direita no Amazonas está unida. Quem está tentando desunir a direita é o pessoal da ‘Maus Caminhos’, o ‘ganso’, o ‘cara de catita’ e os seus abutres da comunicação, aliado ao ex-presidiário. A praça é do povo. Vem para a praça você também”, convocou Menezes para o ato previsto para acontecer de forma simultânea em várias cidades do país.

Grito dos Excluídos

Movimentos sociais e partidos de esquerda realizarão um ato público em conjunto com ‘O grito dos Excluídos’, no Largo do Mestre Chico, na entrada do bairro Educandos. “Vai ser um ato em favor da vida, em defesa da democracia e uma parte dos movimentos sociais que estarão participando irão também pedindo a saída do Presidente Bolsonaro, portanto todos iremos pedir o Fora Bolsonaro”, disse coordenador do movimento, Yann Evanovick.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.