Sexta-feira, 03 de Abril de 2020
Televisão

Amazonense Rayssa Santos está no elenco do reality 'The Circle'

O reality show conta com doze episódios. A partir de hoje (11), o serviço de streaming libera semanalmente quatro deles. Os seguintes chegam à plataforma nos próximos dias 18 e 25, sempre às quartas



ray_4FD0CCF3-AA98-497F-899F-86F521E2E70D.jpg Rayssa é modelo, dançarina e digital influencer (Foto: Reprodução/Facebook)
11/03/2020 às 13:52

Cativar. Estabelecer alianças. Flertar. Tramar. Influenciar. Isso tudo somente por meio de um aplicativo. Essa é a ideia do primeiro reality show brasileiro da Netflix, o “The Circle Brasil”, que estreia hoje (11) na plataforma. A versão do programa britânico conta com um prêmio de R$ 300 mil. E tem amazonense na disputa pelo principal posto de influenciador.

A modelo, dançarina e digital influencer Rayssa Santos entra no jogo em um dos quatro primeiros episódios do programa, liberados nesta quarta (11), e promete ‘fazer barulho’. “O objetivo do programa é ser o mais popular entre todos os jogadores, então eu fui preparada para isso, para ser a super influenciadora. É claro que o jogo que vai dizer se consegui ou não. Mas fui preparada, afinal de contas, trabalho com isso. Uso as minhas redes sociais para influenciar as pessoas”, assevera.



Rayssa ficou confinada junto a outros participantes, cada qual em um apartamento, sendo conectados apenas pelo aplicativo de comunicação que dá nome ao programa. O objetivo é não ser julgado o menos popular no “The Circle”.

A versão brasileira foi gravada no prédio original do reality show britânico, localizado na cidade de Manchester, Inglaterra. Sucesso no Reino Unido, a inspiração televisiva auxiliou a modelo nos preparativos para sua entrada no reality show. “Assisti a primeira e um pouco da segunda temporada e pude me basear bastante. Eu queria saber como funcionava, para, caso eu entrasse, já ter algo em mente e montar as estratégias. Gostei muito de todos os jogadores. Não escolhi nenhum favorito, até porque o resultado é sempre imprevisível e não tem como se espelhar em um”, pontua.

A primeira temporada do “The Circle”, exibida no canal britânico Channel 4, teve como grande vencedor o artista Alex Hobern, que ganhou justamente com um perfil fake, de nome Kate, baseado em sua namorada Millie. A estratégia de criar uma ou várias identidades virtuais falsas para enganar outros usuários emocionalmente é conhecida como catfishing, em inglês. Se Rayssa seguiu o exemplo do primeiro campeão do reality show ou preferiu ‘dar a cara a tapa’, criando um perfil real de si, é um spoiler que ela prefere evitar, deixando a cargo dos espectadores descobrirem a partir de hoje (11).

Confinada‘Presa’ em seu apartamento, sem encontrar ninguém pessoalmente, somente interligada aos outros participantes pelo “The Circle” – que é ativado por voz –, Rayssa planejava todo dia suas ações para se manter no jogo – já que o menos favorito é “bloqueado”, ou seja, eliminado. “Mas é meio difícil botar em prática, porque o jogo toma outras proporções”, ressalta. Os participantes podem fazer amizades e criar alianças a partir do aplicativo, enquanto trabalham em seus perfis para reunirem a maior quantidade de cliques.

A participação no programa aconteceu após a digital influencer ver as inscrições na internet. As audições em Manaus aconteceram em agosto. “A proposta dele seria diferente dos realities shows que já existem no Brasil, então eu peguei e me inscrevi. Tentei a sorte e lancei para o universo”, comenta a modelo, que já foi Rainha de Bateria do Grêmio Recreativo Social Escola de Samba Andanças de Ciganos e terceira colocada do reality “Peladão a Bordo”, da TV A CRÍTICA.

Depois da experiência, apontada como incrível e única por ela, Rayssa afirma que sem dúvidas aceitaria participar de uma nova temporada se fosse convidada. “Quem não quer tentar a sorte de ganhar uma dinheirinho?”.

O reality show conta com doze episódios. A partir de hoje (11), o serviço de streaming libera semanalmente quatro deles. Os seguintes chegam à plataforma nos próximos dias 18 e 25, sempre às quartas.

Saiba +

Produzida pelo Studio Lambert e Motion Content Group, a versão brasileira tem participantes de todas as regiões do país e é apresentada por Giovanna Ewbank. A produção do reality show contou com a participação de outro amazonense, o jornalista Lucas Jardim, que vive na Inglaterra há alguns anos. Ele trabalhou como auxiliar de produção responsável por um participante em específico. As filmagens do programa foram finalizadas em novembro.

Serviço

o quê: “The Circle Brasil” - primeiro reality show brasileiro da Netflix

quando: Estreia nesta quarta (11)

episódios: Plataforma irá liberar semanalmente quatro episódios. Nos próximos dias 18 e 25, também às quartas, serão liberados mais quatro em cada data. Ao todo, o programa conta com doze episódios.

onde: Serviço de Streaming Netflix

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.