Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
Iniciativa

Grupo busca recursos para espaços culturais do Amazonas

Iniciativa tem como objetivo conseguir a aprovação da Lei Emergencial de Cultura que prevê repasses para a manutenção de cerca de quarenta locais de fomento à cultura no Estado



O_Alien_gena_-_Sebo_0720BE65-15D4-4490-9045-7B6FA4ABAAB2.JPG O Alienígena Espaço Cultural é um dos quarenta locais mapeados para receber auxílio no Amazonas (Foto: Divulgação)
11/05/2020 às 18:41

Com a determinação da suspensão de atividades presenciais em todos os espaços de fomento a cultura do país devido à pandemia do coronavírus e sem qualquer previsão de retomada a normalidade, um grupo formado por artistas e gestores culturais vem se mobilizando na busca por verbas para a manutenção destes locais durante a quarentena. 

O movimento, que conta com representantes em todos os estados brasileiros, apela para que a Câmara dos Deputados aprove a Lei Emergencial de Cultura, que prevê cerca de R$150 milhões em verbas repassadas para um total de 15 mil espaços culturais de Norte a Sul do país. 



De acordo com o gestor cultural João Fernandes, responsável por gerenciar a associação cultural Casarão de Ideias, em Manaus, e líder do movimento no Amazonas, a expectativa é de que cada espaço receba um repasse de R$10 mil que será utilizado para o pagamento de contas e realização de manutenções básicas durante este período.

“Os artistas já foram beneficiados, mas os CNPJ e empresas ficaram sem.  Os recursos garantem a manutenção desses lugares. Foi feito um levantamento nacional com os espaços que necessitam desse auxílio e estamos buscando sensibilizar, através de números e dados, os deputados federais para que a lei seja aprovada”, explica João.

Ainda segundo o gestor, os trabalhos vêm sendo realizados desde a metade de abril, quando começaram a tramitar os primeiros Projetos de Leis voltados a esta questão. O grupo conseguiu ainda  a unificação destes PL em um único projeto que será relatado pela deputada federal  Jandira Feghali (PC do B), com expectativa de entrar no plenário já na próxima sexta-feira (15).

“Estamos tentando marcar uma reunião com o deputado federal Marcelo Ramos (PL) para tentarmos, com a ajuda dele, sensibilizar a bancada do Amazonas. É eles quem vão fazer a análise do projeto, por isso mostraremos números, dados, e um raio-x dos espaços que precisam desse auxílio no nosso Estado”, revela o gestor.

Mapeamento

Ficou a cargo dos representantes de cada capital organizar um grupo de trabalho para realizar um mapeamento de todos os espaços culturais de seus respectivos Estados, bem como fazer um levantamento minucioso de como cada um deles opera, catalogando a quantidade de funcionários e todos os custos mensais.

No Amazonas, o grupo liderado por João Fernandes é formado pelos atores e diretores Francis Madson, Taciano Soares e Nonato Tavares. Juntos conseguiram identificar um total de quarenta espaços espalhados pela capital e interior. Agora, tentam ampliar os avanços buscando trabalhar em parceria com as Secretarias de Cultura de cada Município.

“Já tivemos alguns bons avanços com este grupo. No domingo (10) apresentamos uma minuta para a deputada Jandira. Outro avanço foi feito com esse formulário onde detectamos desde a quantidade de funcionários até os mínimos detalhes de cada custo. Agora estamos preparando um documento único para enviar para a Secretária de Cultura estadual e municipais para que eles também entendam e possam auxiliar de alguma maneira”, finaliza João. 

Live

Nesta quarta-feira (13), João Fernandes irá realizar uma live abordando o assunto para que outros artistas possam participar contribuindo com opiniões. A transmissão será realizada através do Instagram @casaraodeideias com o horário a definir.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.