Sábado, 24 de Agosto de 2019
GRANDE FAMÍLIA

A Grande Família leva à avenida do samba a história de vida do empresário Murilo Rayol

O enredo “Eu quero é ser feliz” vai mostrar desde a época de menino até o empresário se tornar figura marcante da sociedade local e do Carnaval carioca



28_3770B0C0-E649-40FF-B138-2A69304C50F6.jpg Foto: Divulgação
17/02/2019 às 15:49

Com o tema “Eu quero é ser feliz”,  A Grande Família leva ao público uma homenagem ao empresário Murilo Rayol, 69, figura marcante da sociedade local e do Carnaval carioca.

O enredo vai mostrar o menino estudante que sempre na época do Carnaval ia ao Rio de Janeiro e que é torcedor do Botafogo desde os oito anos - após ver o seu clube vencer o Fluminense no Maracanã por 6 a 2, com 5 gols de Paulo Valentim e um do imortal Garrincha. Do rapaz que, já adolescente, morando em terras cariocas e conhecido como “Amazonas”, quase virou jogador de futebol. Vai contar a história do jovem engenheiro que se tornou amigo próximo de lendas do samba como Neguinho da Beija-Flor. Do homem que tem 40 anos de avenidas do samba iniciadas com a Portela, Mangueira, União da Ilha, Salgueiro, Beija-Flor e A Grande Rio. Do amazonense que nunca esqueceu das suas origens.

A escola guarda a sete chaves se o homenageado vai desfilar em cima de um carro alegórico ou a pé. No entanto, o que se sabe é que ele vai ter papel fundamental em vários momentos do desfile, dada a importância de seu nome para o cenário local, no que já é esperado como um dos grandes momentos deste Carnaval das grandes de Manaus.

“Nunca fui homenageado. Todo mundo é homenageado depois que morre, numa homenagem justa. Mas você em vida, encarando aquilo, é uma coisa de outro mundo. De vez em quando eu me engasgo, tenho emoções, mas não sei como vai ser na avenida. Se eu me emocionar é porque vai ser a coisa mais linda da minha vida. Vai fechar com chave de ouro o livro que eu estou escrevendo, que já está com 80 capítulos e que eu pretendo lançar no dia do meu aniversário agora, em 22 de maio”, declarou o empresário.

“Não sei se vamos ganhar, mas eu quero fazer um grande Carnaval, de felicidade, todos contentes. E se nós conseguirmos passar essa felicidade pros jurados acho que temos tudo para ganhar o Carnaval. Estamos com sangue nos olhos, mas sem essa de ‘já ganhou’. Estamos vindo com amor, garra e determinação. Quero ver aquela ferradura lotada. O povo acredita na gente. A Grande Família é isso”, completa Murilo Rayol.

Segundo o ex-presidente e membro da diretoria Luiz Gilberto, “A Grande Família não vem pra brincar e vem pra disputar título. A fase do ‘boa noite Cinderela’ acabou”.

Gilberto voltou para a escola

Ex-presidente e figura altamente identificada com a escola e com o São José, o atual membro da comissão que substituiu a diretoria anterior, o funcionário público aposentado Luiz Gilberto Ferreira de Lima, 61, retornou à escola este ano a pedido da agremiação e do homenageado.

Ficha técnica

Escola: A Grande Família
Enredo: “Eu Quero É Ser Feliz”.
Fundação: 19 de março de 1986
Componentes: 3.800
Entrada na avenida: 4h

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.