Publicidade
Carnaval
DESFILE

TV A CRÍTICA vem com time de peso e tecnologia de ponta para transmitir Carnaval

TV A CRÍTICA inicia cobertura no Sambódromo a partir das 19h30 deste sábado (10). Na cabine de apresentação, as pratas da casa: Daniela Assayag e Wilson Lima vão comandar mais de 10h de transmissão ao vivo 09/02/2018 às 15:35
Show transmiss o
Foto: Arquivo AC
Mayrlla Motta Manaus (AM)

A Rede Calderaro de Comunicação vem com um time de peso e tecnologia de ponta para transmitir o desfile das escolas de samba de Manaus no Sambódromo, neste sábado (10), a partir das 19h30, na tela da TV A CRÍTICA e e dos smartphones, por meio do aplicativo A Crítica Play, que está disponível na Google Play e Apple Store.  

Na cabine de apresentação, as pratas da casa: Daniela Assayag e Wilson Lima vão comandar mais de 10h de transmissão ao vivo. Ao lado da dupla, o historiador Daniel Sales, considerado a “Enciclopédia do Carnaval”, vai comentar o desfile. Os repórteres Adriane Diniz, Danilo Alves, Mickaelle Sevalho e Júlia Magalhães também vão trazer informações em tempo real direto da avenida, arquibancada, camarotes e concentração.

De acordo com a diretora da transmissão da TV A CRÍTICA, Gisele São Thiago, mais de 80 profissionais estão envolvidos no trabalho. “Serão 18 câmeras mais um drone, além de trabalho de grafismo, realidade aumentada, produção de virtuais e muito mais”, revela.

 Na dispersão do Sambódromo, Carol Queiroz e Leandro Ribeiro comandarão o Central da Folia, uma cabine de vidro onde os foliões passam e participam da transmissão. Para quem não conseguir assistir à programação, não precisa ficar desapontado. No domingo (11), todos os desfiles serão reprisados  no canal fechado A Crítica Mais, a partir das 12h.

 Nos bastidores

Enquanto o desfile oficial não começa, as escolas de samba já esquentaram a avenida durante os ensaios técnicos. Quem esteve por lá, e também nos barracões das agremiações, foram os jornalistas Daniela Assayag e Wilson Lima, a fim de imergir nesse universo carnavalesco.

Esse é o terceiro ano consecutivo que Assayag apresenta a transmissão. Como “tradição”, ela visita as agremiações para conhecer mais sobre os temas e interagir com os brincantes e aqueles que fazem a festa na avenida. “Acompanhar assim de pertinho faz toda a diferença! É empolgante ver o engajamento, a dedicação, o talento da comunidade”, diz a gerente de jornalismo da TV A CRÍTICA. 

Essa é a primeira vez que a dupla de craques do telejornalismo amazonense divide a bancada de transmissão. Wilson Lima já foi locutor no Sambódromo, anunciando a entrada das agremiações, foi brincante e até destaque. Mas no que se refere a coberturas jornalísticas no Carnaval, essa será a primeira vez dele. 

“Nunca participei da transmissão do Carnaval nem como repórter, mas já fiz outros eventos como o Festival de Parintins e Festival de Cirandas. Apresentar o Carnaval vai ser uma experiência e tanto. Preciso mergulhar nessa história da festa porque são manifestações culturais diferentes que em muitos momentos têm elementos parecidos”, disse o jornalista e apresentador do programa “Alô Amazonas”. 

Ele também “seguiu” os passos de Daniela e visitou os barracões, conversou com os presidentes, os artistas, as pessoas que confeccionam os carros e os criadores dos samba-enredos. “Estou contando muito com o apoio da Daniela, que já esteve por duas vezes no Carnaval fazendo essa transmissão. Afinal, diferente da experiência que tenho no Festival de Parintins, nessa nós é que levaremos o telespectador a entender o que está acontecendo na avenida”, pondera.

Publicidade
Publicidade