Barezão Feminino

À FAF, Tarumã informa que não jogará nesta sexta: 'Inviável'

Pelo Barezão Feminino, o clube tem duelo marcado contra o JC às 15h, no Floro de Mendonça, em Itacoatiara

Deyvid Jhonatan
10/12/2021 às 15:38.
Atualizado em 08/03/2022 às 19:49

(Foto: Antônio Assis / FAF)

Nesta sexta-feira (10), no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, JC Futebol Clube e Esporte Clube Tarumã tem duelo marcado para acontecer às 15h. Para as Tigresas do Norte, a partida vale a classificação para a fase semifinal do Barezão Feminino. E isso deve se confirmar sem que a bola precise rolar.

Em ofício enviado ontem à Federação Amazonense de Futebol, o Tarumã informou que as Lobas do Norte não irão comparecer ao jogo. O clube alegou que as atletas não poderiam abrir mão de seus compromissos – acadêmicos e profissionais – para disputar a partida. A informação foi confirmada ao A Crítica pelo ouvidor da FAF e ex-presidente do Tarumã, Antônio Policarpo Rios Roberto.

“O presidente Maquiné é meu amigo e vizinho. Hoje (quinta), mandou um ofício pra FAF, alegando que as atletas estudantes e trabalhadoras não tinham condição de se ausentar de Manaus na semana”, afirmou o ouvidor da Federação.

Oficialmente, o jogo desta sexta-feira é válido pela terceira rodada do Barezão Feminino. Porém, a rodada foi suspensa e, somente esta semana - com o Tarumã já tendo disputado cinco partidas no total -, a Federação divulgou data, horário e local do duelo.

O questionamento sobre a realização do evento surgiu durante entrevista com uma atleta do JC, que disse que a equipe adversária já “havia confirmado o WO”. Com isso, a reportagem entrou em contato com Alan Frank, técnico do Tarumã. Embora tenha dito inicialmente que “quem poderia dar melhor essa informação seria o presidente do clube”, o comandante das Lobas detalhou a situação da equipe, que corrobora com o ofício enviado à FAF.

“Há possibilidade de não entrarmos em campo. Temos jogadoras no departamento médico e, como é uma sexta-feira, tem jogadoras que vão estar estudando, trabalhando. Ficou muito inviável ir para o jogo em Itacoatiara”, resumiu Alan.

A reportagem também entrou em contato com o presidente do Tarumã, Aldemir Maquiné. Porém, o mesmo informou que só poderia entrar em contato no dia seguinte.

Temporada encerrada

A campanha do Tarumã no Barezão Feminino passa longe de ser das melhores. Com seis derrotas em seis jogos, o clube levou incríveis 62 gols e marcou apenas 1, chegando a sofrer uma impiedosa goleada de 21 a 0 do Recanto da Criança.

Mais conhecido por seus trabalhos nas categorias de base, o Lobo do Norte foi vice-campeão do Barezão Sub-20 e semifinalista do Barezão Sub-17. Já na categoria profissional, a equipe alcançou as semifinais do Amazonense - Série B.

*Texto: João Felipe e Deyvid Jhonatan

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por