Segunda-feira, 20 de Maio de 2019
NOVA FASE

Alan Bahia dá adeus aos gramados e fala sobre novo cargo no Nacional

Ídolo no Furacão, o volante Alan Bahia pendurou as chuteiras e escolheu o Amazonas para iniciar nova fase na carreira como auxiliar técnico no Nacional



IMG0017419701_4F3522D8-F4A5-48D1-9C24-39C7067E5836.JPG
Alan Bahia teve duas passagens pelo futebol amazonense, como jogador:Rio Negro em 2016 e no Nacional em 2017. Foto: Arquivo AC
12/01/2019 às 17:27

Um nome de peso no futebol brasileiro: Alan Bahia. No entanto, o jogador que marcou história no Athletico Paranaense, com a histórica campanha do vice do Brasileirão 2004 e também com o segundo lugar da Libertadores 2005, decidiu pendurar as chuteiras e voltar ao futebol baré para atuar como auxiliar técnico do Nacional na disputa do Campeonato Amazonense de 2019.

Prestes a completar 36 anos, o agora ex-jogador defendeu a camisa de dois clubes amazonenses: O Rio Negro, em 2016, e o Nacional, em 2017, já na reta final da carreira, e garante que não vai retornar aos gramados como jogador profissional. “É uma decisão definitiva. Eu já vinha pensando há uns dois ou três anos nesse momento. No último ano, eu joguei no Vitória da Conquista, aqui na Bahia, e decidi parar. Estou nesta transição de jogador para treinador e auxiliar”, revelou, em entrevista ao CRAQUE. 

Enquanto atleta, Alan chegou a ser treinado por técnicos como Abel Braga, Levir Culpi e até, brevemente, o alemão Lothar Matthäus. No primeiro trabalho, no entanto, o treinador que vai ser auxiliado pelo baiano é Aderbal Lana, uma das maiores referências para Alan Bahia. “É uma oportunidade única, o Lana é um cara que eu conheço, um cara vencedor, um cara que levou o futebol amazonense para fora de Manaus, para o Brasil todo, então é um cara que eu sabia que poderia progredir  do lado dele. Eu vou aprender muito com ele. Para minha carreira vai ser muito importante trabalhar ao lado dele”, garantiu Alan Bahia.

Com uma grande carreira construída no cenário do futebol brasileiro, Alan mira a elite, mas escolheu o Amazonas para os primeiros passos fora das quatro linhas do campo. “Já tive convites, mas eu acho que não estava preparado ainda para ir para um clube tão grande como o Athlético Paranaense e eu tenho primeiro que fazer uns estágios. O Lana é um cara que pode me ensinar bastante até eu chegar no meu objetivo”, completou o auxiliar técnico do Naça.

Na primeira disputa como membro da comissão técnica, Alan Bahia vai tentar ajudar o Nacional a se reerguer, em busca de calendário para 2020 e do troféu de campeão estadual. Após uma breve experiência como técnico em sua terra natal, Itabuna, o auxiliar busca aprendizado e conquistas. Alan Bahia deve desembarcar em Manaus na terça-feira (15) para participar da preparação do Leão da Vila Municipal e chega com a vontade de repetir o sucesso conquistado com a bola no pé. “A transição é diferente, de jogar e estar na comissão técnica, mas estamos preparados para este objetivo, agradeço ao Lana por esta oportunidade. Creio que vamos fazer um grande trabalho e vou aprender muito com ele”, finalizou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.