Publicidade
Esportes
RETORNO

Após dois anos ‘parado’, Marquinhos Piter assume comando do São Raimundo

Treinador campeão com o Princesa do Solimões em 2013 confirmou retorno ao futebol como novo comandante do Tufão da Colina no ano do centenário do clube 21/12/2017 às 11:06 - Atualizado em 21/12/2017 às 11:48
Show share big 1
Último trabalho de Piter foi na Copa Amazonas de 2015 à frente do Operário de Manacapuru (Foto: Arquivo/A Critica)
Denir Simplício Manaus (AM)

Ele voltou! Marquinhos Piter é o novo técnico do São Raimundo Esporte Clube. O anúncio oficial ainda não foi feito, mas o próprio treinador confirmou nesta quinta-feira (21) que aceitou o convite feito no dia anterior pela diretoria do time colinense que perdeu Sidney Bento. Ex-atleta do Tufão, Piter assume o clube com a responsabilidade de resgatar a força do "Rei do Norte" no ano de seu centenário.

com a camisa do São Raimundo nos tempos áureos do clube, Marquinhos Piter está longe do futebol desde 2015, quando se ausentou por conta própria para ajudar a mãe, de 84 anos. Identificado com o Mundico, o novo comandante confirmou que conversou com a diretoria do clube e está tudo acertado. "Está tudo certo. Conversamos ontem e está tudo tranquilo", disse o treinador revelando o nome do novo gerente de futebol do Tufão.

"Estamos entrando em contato com alguns jogadores pra formar a equipe. Também estamos esperando o Fábio (Luis, ex-Manaus FC) chegar pra nos ajudar pra que a gente possar sentar e fazer o planejamento. E isso tem de ser o mais rápido possível, né? Porque quando mais rápido a gente começar a treinar melhor ainda", enfatizou.


Ex-treinador do Manaus FC, Fábio Luiz deve ser o substituto de Eduardo Clara (Foto: Arquivo/AC)

No comando do Princesa do Solimões, Piter levou o time de Manacapuru ao título do Barezão de 2015 e o vice de 2014. Depois disso teve boa passagem à frente do Penarol de Itacoatiara, onde levou o Leão da Velha Serpa às semifinais do Estadual de 2015. Depois disso, o treinador decidiu se retirar para um "período sabático".

"O meu afastamento foi eu mesmo que decidi. Conversei com minha família, com minha esposa, com meu filho, com minha mãe e preferi ficar um pouco afastado do futebol. Agora não, estou preparado pra tentar colocar o São Raimundo aonde ele merece", revelou Piter comentando um dos principal motivos de sua saída do cenário do futebol baré.

"Os anos de 2013 e 2014 foram muito puxados pra mim, teve aquela pressão muito grande de dar um título inédito pro Princesa. Depois fui pro Penarol e fiz um bom trabalho lá também. Conseguimos ficar entre os quatro e sempre jogando de igual pra igual com todo mundo. E a minha mãe de 84 anos ia pro estádio e me afastei esses dois anos pra ficar um pouco mais do lado da minha mãe, que andou adoentada", disse o treinador.

Marquinhos Piter está em Manacapuru, onde reside, e deve ser anunciado oficialmente no São Raimundo ainda nesta quinta-feira. A princípio, o treinador disse querer montar um elenco de 27 atletas para a disputa do Barezão 2018. O Tufão estreia no Estadual da próxima temporada no dia 20 de janeiro diante do CDC Manicoré, fora de casa.

Publicidade
Publicidade