Publicidade
Esportes
 Divando em Brasília

Ball Cat's se prepara para disputar a Série B da Champions Ligay

Time gay mais querido do Amazonas se prepara para o maior salto de sua carreira, disputando a divisão de acesso da Champions Ligay 2019. Corrida agora é para conseguir patrocínio 04/12/2018 às 16:03
Show whatsapp image 2018 12 04 at 01.23.19  2  471ca7d2 9a05 455f 8047 d576f32f359b
  Ball Cat’s já vai divar nos gramados de Brasília. Foto: Leanderson Lima
Leanderson Lima Manaus (AM)

O time de futebol gay mais querido e famoso de Manaus prepara agora o grande salto de sua carreira. Isso, sem precisar descer do salto, é claro. O Ball Cat’s recebeu um convite para disputar a divisão de acesso da Champions Ligay, o campeonato brasileiro da modalidade destinado aos atletas gays.

Quem conta esta novidade é o fundador do time e criador da Copa Gay de Futebol de Manaus, Júnior Leocádio, o Pedrita. Ele revela que o clube já vinha conversando com a organização da Ligay desde o ano passado, mas a vaga na Série B só surgiu agora. “Eles queriam um time do Norte na competição, mas não tinha vaga. Só agora que surgiu a oportunidade”, explica Pedrita.

A Champions Ligay é hoje a principal competição do País no gênero. “Na Série A da Ligay são 14 times disputando o título. Na Série B são quatro equipes lutando por duas vagas na primeira divisão. O campeão e o vice sobem de divisão”, explica Pedrita. 

A disputa da Série B da Champions Ligay acontecerá nos dias 19 e 20 de abril do ano que vem na capital federal. As partidas acontecerão em campo de futebol soçaite.

Desafio


O grande desafio de Pedrita e das meninas do Ball Cat’s é conseguir agora patrocínio para financiar a ida da equipe para Brasília. “Temos que ir no mínimo com dez e o máximo 20 atletas. Precisamos de patrocínio porque só a inscrição para participar do torneio custa R$ 1 mil”, explica.

O Ball Cat’s quer levar o mínimo de 10 atletas na equipe para lutar pelo acesso à Champions Ligay. “Vamos fazer uma seleção para disputar o torneio. Nossa responsabilidade é grande porque vamos representar o nosso Amazonas”, finaliza Pedrita.

Copa GayJúnior Leocádio entrou para a história do esporte LGBTI ao criar, em 2014, a Copa Gay de Futebol, em Manaus.  O torneio, então pioneiro na capital amazonense, ganhou destaque na mídia nacional e já se consolidou como uma das principais competições do gênero no País. 

Publicidade
Publicidade