Publicidade
Esportes
DECISÃO

Amazonense fica com bronze da Olimpíada de 2008 após decisão da Corte do Esporte

Dez anos após a Olimpíada de Pequim, decisão do Tribunal Arbitral do Esporte confirma bronze para o velocista Sandro Viana e a equipe brasileira do revezamento 4x100. Jamaicanos perderam ouro olímpico por doping 31/05/2018 às 16:06 - Atualizado em 31/05/2018 às 18:17
Show show sandro
Foto: Divulgação
Camila Leonel Manaus (AM)

O velocista amazonense, Sandro Viana, juntamente com Bruno Barros, José Carlos Moreira, o Codó e Vicente Lenílson tiveram a confirmação, nesta quinta-feira (31), da medalha de bronze no revezamento 4x100 metros na Olimpíada de Pequim, em 2008. A confirmação vem com a decisão do Tribunal Arbitral do Esporte que não aceitou o recurso do jamaicano Nesta Carter, que foi flagrado no exame anti doping na competição com a substância Dimetilamilamina.

Com a decisão, a equipe jamaicana formada por Cartes, Usain Bolt, Michael Fraser e Asafa Powell foi campeã tiveram que devolver o ouro olímpico por causa do doping. A prata fica com a equipe japonesa.

O primeiro julgamento do caso aconteceu em janeiro de 2017, porém em novembro do mesmo ano, Nesta Carter entrou com recurso da decisão apontanto falhas no processo e que a substância achada poderia ser de uma substância com efeito biológico similar. Porém, o TAS não aceitou o recurso já que o exame comprova a presença da substância.

O amazonense Sandro Viana, que era um dos que estavam naquele revezamento desde o julgamento vinha acompanhando avidamente o processo e por volta de 12h de hoje confirmou a noticia através do site da Confederação Sul Americana de Atletismo. Logo que soube, ele foi o encarregado de dar as "boas novas" para o restante do grupo.

"Estou em contato com eles e eles estão eufóricos e emotivos ao mesmo tempos. Todos comemorando esse momento especial de nossas vidas", disse Sandro, que diz que a principal sensação sentida desde a confirmação é de "paz. Foram 10 anos de espera", completou.

Os velocistas ainda não sabem como e quando as medalhas serão entregues, mas o resultado deve sair nas próximas semanas.

Publicidade
Publicidade