Publicidade
Esportes
PELADÃO

Por 1 a 0, Salcomp vence Grêmio do Pq. Dez e é campeão do Feminino do Peladão 2019

O único gol da partida foi marcado por Carol, que ficou extremamente feliz por ter sido decisiva para a conquista do time. “engasgado na garganta”, disse 16/02/2019 às 17:21 - Atualizado em 16/02/2019 às 17:36
Jéssica Santos Manaus (AM)

Num jogo marcado por equilíbrio entre as equipes e também pela técnica apurada das jogadoras em campo, a equipe da Salcomp é a campeã desta edição do Feminino do Peladão 2019, com o placar de 1 a 0 sobre o Grêmio do Parque Dez. O único gol da partida foi marcado por Carol, que ficou extremamente feliz por ter sido decisiva para a conquista do time.

“No ano passado, eu não marquei o gol que deveria ter marcado, e ficamos com o vice e, dessa vez, numa chance minha e da minha amiga Érica, fiz esse gol, e fomos campeãs. Esse título estava engasgado na garganta”, disse Carol.

O jogo


Foto: Junio Matos

A partida começou com as duas equipes buscando o ataque, mas o primeiro chute a gol aconteceu somente aos 16 minutos, quando Estherzinha, do Grêmio do Parque Dez, disputou uma jogada com a zagueira do Salcomp invadindo a grande área pelo meio, e chutou, mas a bola parou nas mãos da goleira Ana Beatriz.

Depois, o Grêmio chegou perto de finalizar mais quatro vezes, mas a defesa do Salcomp cortava as jogadas. Aos 22 minutos, com dificuldades para chegar à grande área do Grêmio, o time da Salcomp resolveu tentar de longe, com Nika, que chutou quase do meio-campo, a bola quicou na área, mas a goleira Nira defendeu.

No segundo tempo, logo aos três minutos, o Salcomp chegou com perigo, quando Carol avançou pela direita, driblou a zaga do Grêmio, e lançou para área, mas a defesa do Grêmio acabou ficando com a bola.


Foto: Junio Matos

Logo depois, um erro da camisa 10, Cléo, do Grêmio complicou o time. Ela já tinha um amarelo e, antes de sair de campo para ser substituída, tirou a camisa, levou o segundo amarelo, sendo expulsa de campo. Grêmio com dez.

Aos 15 minutos, o Salcomp conseguiu armar mais uma jogada com Lulu, que veio pela esquerda, passou a bola para Suzi, que mandou a bola na direção do gol, de fora da área. Mais uma vez, a goleira Nira estava alerta. Agora o Salcomp não saía da área do Grêmio, que, com uma a menos, só se defendia.

Aos 28 minutos, o Salcomp veio para o ataque novamente, dessa vez pela direita. A bola foi lançada para a área por Érica, e quem recebeu foi Carol, sozinha, que aproveitou mandando a bola de cabeça para dentro do gol. 1 a 0, Salcomp campeão.


Foto: Junio Matos

Publicidade
Publicidade