Domingo, 15 de Dezembro de 2019
MEDIDA

Prefeito adota medidas de proteção da fauna após abate de onça em Amaturá

Moradores alegam que o animal estaria invadindo as propriedades para se alimentar de animais domésticos como cães e pequenos animais



AMATUR_.JPG Foto: Reprodução/Internet
16/01/2018 às 21:42

A Prefeitura Municipal de Amaturá adotou medidas após morador do município ter abatido uma onça neste final de semana na localidade conhecida como Ramal do Sabarata. O prefeito de Amaturá, Joaquim Corado contatou com o professor da Universidade do Amazonas, Rogério Fonseca, especialista em monitoramento de animais silvestres para efetuar levantamento e orientar os moradores na proteção da fauna silvestre.

O prefeito assinalou a necessidade de se apurar as circunstâncias em que ocorreu o fato. Moradores alegam que o animal estaria invadindo as propriedades para se alimentar de animais domésticos como cães e pequenos animais.



“É uma sociedade desprotegida por exclusão social, falta de informação e de segurança”, assinalou. Joaquim Corado lembra ainda que é uma característica dos moradores do interior principalmente nos municípios mais distantes de Manaus ter costume alimentar o consumo de mamíferos, aves de várias espécimes, bem como pescados como fontes de proteína.

“Nós implementamos uma política de proteção ambiental no município. Criamos quatro Reservas de Desenvolvimento Sustentável e interditamos quatorze praias para proteger aves e quelônios”, afirmou Corado.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.