Sexta-feira, 04 de Dezembro de 2020
Zona Sul

Homem é morto a tiros enquanto assistia jogo de futebol no Crespo

A vítima tentou correr, mas foi alcançada e atingida com quatro tiros no tórax



123105704_10224386761001140_5854169602185397484_o__1__04C7001B-E061-4305-A7EC-5156F1481B45.jpg Foto: Maria Luiza Dacio
28/10/2020 às 22:38

Denis Silva de Menezes, 22, foi executado com quatro tiros na noite desta quarta-feira (28), na rua Magalhães Barata, no bairro Crespo, na Zona Sul de Manaus. Ele foi atingido com nove tiros de pistola calibre ponto 40 e 380 milímetros, sendo na perna, no tórax e no pescoço.

Testemunhas relataram que a vítima estava em um bar, nas proximidades, assistindo jogo entre Athletico-PR e Flamengo, pela Copa do Brasil, quando foi surpreendido por três homens. Segundo informações da polícia, Denis estava ameaçado de morte e já tinha extensa ficha criminal por roubo. Alguns dias, ele foi preso por roubo de um carro no bairro Tancredo Neves, na Zona Leste da capital.

Os criminosos tentaram arrastar Denis para dentro do carro, sem sucesso. A vítima tentou correr, mas foi alcançada e atingida com quatro tiros no tórax.

Os criminosos fugiram sem serem identificados, em um carro Ford Ka Branco, de placa não reconhecida. O assassinato mobilizou policiais militares da 7ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que isolaram o cenário do crime.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte. Os familiares da vítima foram chegando aos poucos em prantos.

O motivo do crime não foi informado, mas a polícia suspeita que a morte esteja relacionada com acerto de contas por conta do tráfico de drogas na região.

Equipes do Departamento de Polícia Técnico-Centífica (DPTC), Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para a ocorrência. 




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.