Publicidade
Manaus Hoje
HOMICÍDIO

Irmão são presos e confessam assassinato motivado por roubo de perfume

Segundo a polícia, assassinos e vítima estavam bebendo e usando drogas quando perfume sumiu. Vítima teria ameaçado os irmãos com uma faca antes de ser morta 22/01/2019 às 11:25
Show whatsapp image 2019 01 22 at 11.04.01 ccd1e8f4 7e60 42e7 84b4 c985a68dc556
(Foto: Winnetou Almeida)
Márcia Monteiro Manaus

Os irmãos Diego da Costa Araújo, de 22 anos, e Hugo Costa de Araújo, de 20 anos, foram presos suspeitos da morte de Luís Matheus de Souza Assunção, de 24 anos. A motivação do crime, segundo a polícia, foi o sumiço de um perfume da casa da vítima.

De acordo com o delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o crime aconteceu na manhã de quarta-feira (16) na casa de Luís, situada no bairro Novo Israel, na Zona Norte da capital.

Os irmãos estariam consumindo bebidas alcoólicas em um bar quando decidiram ir até a casa da vítima. Segundo as investigações, eles começaram a beber e usar drogas quando lLuís teria percebido que um perfume havia sumido e acusado os irmãos, os ameaçando com uma faca.

Segundo a polícia, a partir daí, Diogo travou uma luta corporal com a vítima e Hugo conseguiu jogar no chão a faca que estava em posse de Luís. Neste momento, segundo o delegado, Diego pegou a arma e desferiu quatro facadas na vítima.

Após o crime, os irmãos levaram uma televisão, um notebook e um videogame da casa. 

Os irmãos afirmaram, na manhã desta terça-feira, que havia uma terceira pessoa na casa, que seria o autor do furto do perfume. Afirmaram também, que pegaram os objetos após o assassinato para que pudessem vender e fugir de Manaus. Eles foram encontrados e presos pela Polícia Civil no município de Silves, na manhã de domingo (20).

A dupla responderá por homicídio e será encaminhada ainda hoje (22) para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde ficarão à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade