Sexta-feira, 03 de Dezembro de 2021
Polícia investiga

Pescadoras são encontradas mortas em Codajás

Os corpos foram reconhecidos como integrantes de uma família que no último domingo saíram para pescar e não retornaram. Pode haver desaparecidos



Sem_titulo__1__1B137CF9-80AC-48C8-BA9C-E08546BDA3D0.jpg Foto: Divulgação
26/10/2021 às 21:23

Uma canoa com corpos de duas mulheres com idade entre 30 a 35 anos foi achado à deriva no rio Amazonas, na localidade denominada de Boca do Badajós, município de Codajas.

Os corpos foram reconhecidos como integrantes de uma família que no último domingo saíram para pescar e não retornaram. Conforme o comandante da unidade da Polícia Militar de Codajas, tenente Aldrin,  familiares informaram que ainda há pessoas desaparecidas. Há suspeita de que o grupo tenha sido atacado por piratas de rio.

A canoa com os corpos foi encontrada próximo ao município de Coari e levada para Codajás. A Polícia Civil instaurou inquérito policial  para investigar o crime e também vai fazer buscas para tentar localizar os demais desaparecidos. 

O tenente não soube informar ainda quantos precisam ser encontrados. De acordo com o tenente os piratas de rios são em grade número, tem lanchas potentes e poderio bélico superior ao usado pela polícia.



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.