Publicidade
Manaus Hoje
TIROTEIO

Preso homem que roubou carro de mulher e trocou tiros com a polícia, em Manaus

O tiroteio resultou na morte de um comparsa dele. Durante o assalto ao carro, a proprietária do veículo foi baleada com um tiro em cada joelho 08/02/2019 às 13:45
Show 5bba6a5f 155d 45d0 b94e 2fd2542cd5b8 cba422e2 d689 4727 977f 3ad178f90342
Foto: Winnetou Almeida
Márcia Monteiro Manaus (AM)

Jefferson Correia de Souza, de 20 anos, foi preso pela Polícia Civil do Amazonas após roubar o carro de uma mulher e trocar tiros com a polícia, em Manaus. O tiroteio, ocorrido na tarde de ontem (7), resultou na morte de um comparsa dele, Gabriel Costa dos Santos, de 23 anos, que acabou sendo alvejado.

Segundo o delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), Jefferson e Gabriel pertenciam a uma quadrilha que estava sendo investigada pelo roubo de um veículo de uma mulher de 37 anos, um modelo Ônix, ocorrido no dia 17 de janeiro deste ano. Durante o assalto, a mulher foi baleada com um tiro em cada joelho.

Segundo o delegado Cícero Túlio, a dona do veículo não reagiu ao assalto, mas mesmo assim foi atingida, por maldade dos atiradores, conforme o delegado. “Não houve reação da vítima ao assalto, foi por pura maldade”, explicou. O automóvel ainda não foi recuperado.

Nas investigações do roubo do veículo, a Derfv recebeu a denúncia de que os dois homens, Jefferson e Gabriel, estavam em um conjunto habitacional no bairro no Nova Cidade, na Zona Norte. Ao chegarem ao local, a polícia encontrou parte da quadrilha e foi recebida a tiros por um homem que estava acompanhado de Jefferson e Gabriel.

Jefferson acabou preso com uma arma e 35 porções de maconha. Já Gabriel foi baleado na troca de tiros e não resistiu aos ferimentos, apesar de ter sido socorrido e levado a uma unidade hospitalar.

Jefferson, que já tinha duas passagens na polícia por tráfico de drogas, foi preso e indiciado pelos crimes de tráfico de drogas e roubo majorado. Ele será encaminhado para audiência de custódia ainda hoje no Fórum Ministro Henoch Reis, em Manaus.

Publicidade
Publicidade