Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
POLÍTICA

Amazonino se desfiliou do PDT por ter ‘ideias bolsonaristas’, diz Hissa Abrahão

Sem citar nome, Amazonino postou no Instagram que saiu do partido por não conseguir se entender com a atual presidência da sigla no Amazonas. Hissa Abrahão é o presidente regional do PDT



hissa_DD89F153-DBA0-4EC2-ADE5-C4904070459A.jpg Presidente do PDT, Hissa Abrahão. Foto: Arquivo AC
17/09/2019 às 14:11

O presidente estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Hissa Abrahão, afirmou na manhã desta terça-feira (17), que o ex-governador do Amazonas, Amazonino Mendes (sem partido), se desfiliou da legenda democrata por ter “ideias bolsonaristas”.

Ontem, Amazonino postou em sua rede social no Instagram que saiu do partido por não conseguir se entender com a atual presidência da sigla no Amazonas – que tem à frente Hissa.



À reportagem, o presidente regional do PDT destacou que “devido à difícil convivência da militância com as posições reacionárias” de Amazonino e da “sua forma antiquada de fazer política”, que o ex-governador acabou percebendo que deveria procurar um partido mais próximo dos seus “ideais bolsonaristas”.

Os rachas de Amazonino com o PDT já vinham se alongando desde as eleições suplementares para o governo do Estado em 2017, com várias brigas internas no partido.

No ano passado, Amazonino e Hissa também “se estranharam” após Mendes ter chegado anunciar na convenção do PDT que Alfredo Nascimento (PR) era o “seu candidato a senador”, mesma deferência que não foi dada à Hissa que concorria ao mesmo cargo político.

Em julho de 2018, militantes do partido também chegaram a se articularem para lançar duas candidaturas e confrontar com a de reeleição de Amazonino para o governo do Amazonas.

O fato mais recente ocorreu em abril deste ano, em um evento do PDT, que conclamou Hissa Abrahão como presidente estadual da sigla sem a presença de Mendes, que já sinalizava que iria sair da legenda.

Após a desfiliação de Amazonino do PDT, militantes que pediram sigilo da fonte, afirmam que Amazonino vem conversando com representantes do Partido Progressista (PP), Cidadania, Podemos e Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

Eleições 2020

Hissa Abrahão e Amazonino Mendes vêm sinalizando o desejo de disputarem as eleições municipais do ano de 2020, fato pelo qual o ex-governador também deve ter optado sair da legenda que chegou a fazer parte por quase oito anos.

Em abril deste ano, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, confirmou em entrevista exclusiva ao A Crítica, que se depender dele, Hissa será o principal nome do partido para concorrer às eleições do ano que vem, afirmando que para isto, contará com o apoio da executiva local.

News wal 0488c851 da85 434c afa9 e1a895689bb3
Repórter de A Crítica
Jornalista formada em 2014 pela Uninorte e pós-graduanda em Gestão de Redes Sociais e Marketing Digital pela Fametro, começou em A Crítica como repórter de esportes em 2016. Hoje atua na editoria de política e economia, com uma enorme paixão pelo jornalismo investigativo.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.