Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Outubro Rosa

Teatro Amazonas ganha iluminação rosa e marca início de campanha no AM

Segundo projeção do Instituto Nacional do Câncer (Inca), cerca de 420 novos casos de câncer de mama devem ser registrados no Amazonas anualmente



WhatsApp_Image_2019-10-02_at_09.46.57__2__06CF2423-C410-4227-B82A-240806D2DFA1.jpeg Foto: Bruno Zanardo/Semcom
02/10/2019 às 14:06

A cor rosa tomou conta do Teatro Amazonas, situado no Largo de São Sebastião, na noite desta terça-feira (10), no lançamento oficial da 10ª edição do Movimento Mundial Outubro Rosa no Amazonas. A campanha deste ano reforça a importância do tratamento personalizado a cada mulher. Com o tema “Me trate direito, para cada paciente um tratamento”, a hashtag #MetrateDireito foi criada para difundir a ideia da campanha.

Segundo projeção do Instituto Nacional do Câncer (Inca), cerca de 420 novos casos de câncer de mama devem ser registrados no Amazonas anualmente. Os últimos dados de novos casos da doença na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) apontam 313 registros em 2017 e 308 em 2016.



O Movimento Mundial Outubro Rosa é promovido pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) há 11 anos no Brasil e ocorre há 10 anos no Amazonas, sendo coordenado regionalmente pela Rede Feminina de Combate ao Câncer no Amazonas (RFCC-AM) e pelo Centro de Integração Amigas da Mama (Ciam). A FCecon é responsável por coordenar as ações nos municípios do interior.

Cuidados e Detecção

Além do autoexame, indicado para mulheres de todas as idades, exercício físico e uma boa alimentação também ajudam na prevenção do câncer de mama, já que obesidade, consumo excessivo de álcool, tabagismo, sedentarismo e estresse são fatores de risco da doença.

“Cada mulher é uma mulher diferente, assim como o câncer. Temos que olhar aquela pessoa como única”, disse a coordenadora estadual de Atenção Oncológica, enfermeira Marília Muniz, durante a abertura do Outubro Rosa.

A detecção precoce dos cânceres de mama é uma das principais formas de combate à doença, defende o diretor da FCecon, mastologista Gerson Mourão. “Se conseguirmos pegar essas mulheres com mamografia e autoexame, tirando do estadiamento 3 e jogando pro 1, vamos ter um grande resultado”, disse Mourão ao destacar que os custos com tratamento tendem a cair se houver diagnóstico precoce.

Para fazer a detecção precoce do câncer de mama, que é o mais comum no Brasil e o terceiro mais incidente no Amazonas, a mamografia, a partir dos 40 anos, é o método indicado. O exame nesta faixa etária reduz em até 40% as mortes por esse tipo de neoplasia. O exame deve ser feito anualmente.

Já as pessoas com histórico de câncer na família devem iniciar o rastreio a partir dos 35 anos.

Ampliação

Durante a abertura do Outubro Rosa, o secretário de Estado de Saúde (Susam), Rodrigo Tobias, anunciou que houve redução entre o tempo de marcação e realização dos exames de imagem de mama na rede pública estadual.

Segundo Tobias, a marcação no sistema está imediata. “No prazo de 3 a no máximo 7 dias, toda mulher que procurar a nossa rede vai conseguir agendar seus exames”, informou.

A cor rosa tomou conta do Teatro Amazonas, situado no Largo de São Sebastião, na noite desta terça-feira (10), no lançamento oficial da 10ª edição do Movimento Mundial Outubro Rosa no Amazonas. A campanha deste ano reforça a importância do tratamento personalizado a cada mulher. Com o tema “Me trate direito, para cada paciente um tratamento”, a hashtag #MetrateDireito foi criada para difundir a ideia da campanha.

Segundo projeção do Instituto Nacional do Câncer (Inca), cerca de 420 novos casos de câncer de mama devem ser registrados no Amazonas anualmente. Os últimos dados de novos casos da doença na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) apontam 313 registros em 2017 e 308 em 2016.

O Movimento Mundial Outubro Rosa é promovido pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) há 11 anos no Brasil e ocorre há 10 anos no Amazonas, sendo coordenado regionalmente pela Rede Feminina de Combate ao Câncer no Amazonas (RFCC-AM) e pelo Centro de Integração Amigas da Mama (Ciam). A FCecon é responsável por coordenar as ações nos municípios do interior.

Cuidados e Detecção

Além do autoexame, indicado para mulheres de todas as idades, exercício físico e uma boa alimentação também ajudam na prevenção do câncer de mama, já que obesidade, consumo excessivo de álcool, tabagismo, sedentarismo e estresse são fatores de risco da doença.

“Cada mulher é uma mulher diferente, assim como o câncer. Temos que olhar aquela pessoa como única”, disse a coordenadora estadual de Atenção Oncológica, enfermeira Marília Muniz, durante a abertura do Outubro Rosa.

A detecção precoce dos cânceres de mama é uma das principais formas de combate à doença, defende o diretor da FCecon, mastologista Gerson Mourão. “Se conseguirmos pegar essas mulheres com mamografia e autoexame, tirando do estadiamento 3 e jogando pro 1, vamos ter um grande resultado”, disse Mourão ao destacar que os custos com tratamento tendem a cair se houver diagnóstico precoce.

Para fazer a detecção precoce do câncer de mama, que é o mais comum no Brasil e o terceiro mais incidente no Amazonas, a mamografia, a partir dos 40 anos, é o método indicado. O exame nesta faixa etária reduz em até 40% as mortes por esse tipo de neoplasia. O exame deve ser feito anualmente.

Já as pessoas com histórico de câncer na família devem iniciar o rastreio a partir dos 35 anos.

Ampliação

Durante a abertura do Outubro Rosa, o secretário de Estado de Saúde (Susam), Rodrigo Tobias, anunciou que houve redução entre o tempo de marcação e realização dos exames de imagem de mama na rede pública estadual.

Segundo Tobias, a marcação no sistema está imediata. “No prazo de 3 a no máximo 7 dias, toda mulher que procurar a nossa rede vai conseguir agendar seus exames”, informou.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.