Publicidade
Manaus
MEIO AMBIENTE

Consulta pública discute criação de Área de Preservação ambiental Saium de Coleira

Debate sobre implantação do 'corredor' acontece durante este sábado (12). Objetivo é apresentar iniciativa da Prefeitura de Manaus 12/05/2018 às 11:00
Show whatsapp image 2018 05 12 at 10.05.04
Debate aconteceu na manhã deste sábado (12) (Jair Araújo)
Álik Menezes Manaus (AM)

A proposta de criação da Área de Preservação Ambiental (Apa) Saium de Manaus está sendo discutida, na manhã deste sábado (12), na Escola Municipal Jornalista Sabá Raposo, localizada na avenida Santa Mônica, bairro Colônia Terra Nova, na Zona Norte da cidade. A consulta pública presencial está sendo promovida pela Prefeitura de Manaus. Sobre o tema, destaque é que, se nenhuma iniciativa for feita, a espécie corre o risco de entrar em extinção em 40 anos, aproximadamente.

A consulta, segundo a Prefeitura de Manaus, tem como objetivo apresentar à população a proposta de criação da Apa e colher opiniões para o aprimoramento da iniciativa municipal. O projeto iniciou e está sendo discutido por um grupo técnico formado por representantes de instituições ambientais e de planejamento urbanístico. 

Segundo o diretor de áreas protegidas da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Márcio Bentes, a ideia é “ligar” o Corredor Ecológico do Mindu à reserva Adolpho Ducke, no bairro Cidade de Deus. Se aprovada do jeito que está, a APA terá aproximadamente 1.010 hectares e passará por bairros como Cidade Nova, Novo Aleixo, Cidade de Deus, Parque Dez e Monte das Oliveiras. 

Contudo, hoje, durante a consulta pública, ainda estão sendo recebidas sugestões de outras áreas que podem ser incluídas na APA. Outra consulta também está sendo realizada online. “Ainda não está fechado, estamos ouvindo a população para saber que áreas eles querem que seja incluída ou até áreas que podem ser retiradas desse projeto”, disse. 

Após aprovação do projeto, que deve ser feito pelo prefeito de Manaus, serão construídas passarelas e até rearborização em áreas que foram desmatadas. O objetivo é preservar o habitat natural da espécie Sauim de Coleira que vive apenas em Manaus. Segundo o diretor, essa é uma das iniciativas para tentar evitar a extinção da espécie. 

O secretario municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Junior, explicou que, após todo o processo de criação do projeto, o prefeito de Arthur Neto, oficializará a criação da APA no dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 de junho. “O prefeito Arthur Virgílio Neto estará oficializando a criação desta APA, que abrangerá um território de cerca de 10 milhões de metros quadrados, no Dia Mundial do Meio Ambiente”. 

“Neste momento estamos realizando consulta públicas (on line e presencial) para ouvir a população e tornar o processo ainda mais participativo e com o apoio da sociedade civil organizada. A APA não engessará a cidade e possibilitará uma interação maior entre sociedade e meio ambiente. O trabalho está só começando e estamos dando o primeiro passo na caminhada rumo à efetiva proteção ao Sauim de Manaus”, afirmou o secretário.

Publicidade
Publicidade