Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
ALIANÇAS FECHADAS

David Almeida lança candidatura e vai anunciar nome do vice domingo

Presidente da ALE lançou Praciano e Chico Preto como nomes ao Senado e esquivou-se sobre apoio ao nome de Lula mesmo aliançado ao PT



WhatsApp_Image_2018-08-03_at_16.35.05.jpeg (Foto: Junio Matos)
03/08/2018 às 16:46

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), David Almeida (PSB), oficializou sua candidatura ao Governo do Estado na tarde desta sexta-feira, durante convenção do partido realizada na Cervejaria Rio Negro, na Cidade de Deus, zona Leste de Manaus.

A candidatura de David foi anunciada sem um candidato a vice, que será anunciado no domingo, quando David afirmou que estará na convenção do Partido dos Trabalhadores*, um dos sete partidos que já compõem a coligação 'Pra Mudar e Resolver'.  Ele não revelou de qual legenda virá seu vice. O PT já tem como nome certo o de  Francisco Praciano como um dos candidatos ao Senado na chapa de David. O outro nome será do vereador Chico Preto, do PMN.

Apesar de fechar com o PT, que sustenta a candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República, mesmo na cadeia, David se esquivou ao ser questionado se firmaria o apoio ao nome de Lula. "O PT não fez essa cobrança a mim, sobre essas coisas vamos conversar pessoalmente", afirmou David, que vai à convenção do PT no domingo para confirmar o nome do seu candidato ou candidata a vice. "Temos bons nomes, bons quadros", defendeu.

Com os nomes de Praciano e Chico Preto ao Senado, o PC do B, que quer lançar a senadora Vanessa Grazziotin à reeleição,  ficou de fora da coligação. Ela foi bastante elogiada por David,  mas acabou sem espaço na composição partidária. "Quero destacar aqui a honradez, a seriedade e a decência da senadora Vanesa, mas como já tínhamos fechado uma aliança com o vereador Chico Preto e houve esse acordo nacional entre PT e PSB. Portanto, não haveria na nossa aliança mais de dois senadores", argumentou, afirmando que não houve veto ao nome dela.

Afirmando capitanear um projeto de mudança do Amazonas, o deputado, que já teve em seu rol de aliados os ex-governadores Omar Aziz e José Melo, disse que quer enfrentar as máquinas do Estado e da Prefeitura  para voltar ao Governo do Estado, onde permaneceu por pouco mais de quatro meses após a cassação de Melo. "Vou usar o dono das máquinas, que é o povo, para derrotar meus adversários", afirmou.

Além de PSB, PT e PMN, estão na coligação o Podemos, o PROS, o PMB e o Avante, mas David ainda acredita em novas composições até domingo. "Estamos aguardando mais dois partidos que podem fechar conosco".

*Inicialmente, o Portal A Crítica informou que o nome do vice sairia do PT, o que ainda não está confirmado. A informação foi corrigida às 19h10. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.