Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
publicidade
3161c69c-171d-4a84-95eb-f57cd4c710fb_077A1830-67EE-4552-A0DC-FC5C22207CAE.jpg
publicidade
publicidade

ENEM

Detentos do sistema prisional do Amazonas participam do Enem-PPL 2018

Ao todo, fazem as provas 479 internos de 18 unidades do Estado, entre elas todos os presídios da capital e dos municípios de Coari, Humaitá, Itacoatiara, Maués, Parintins, Tabatinga e Tefé


12/12/2018 às 09:40

Os presos custodiados nas unidades prisionais do Amazonas participam nesta terça (11) e quarta-feira (12) do Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade (Enem-PPL). Neste ano, 479 internos foram inscritos no certame através da Escola de Administração Penitenciária (Esap) da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Buscando a inserção educacional e resgate da cidadania, a Seap investiu nas inscrições tanto na capital quanto no interior. Do total de internos inscritos, 357 são homens e 122 são mulheres, sendo 345 internos da capital e 134 do interior do Estado. No total, 18 unidades realizam as provas, entre elas todas as unidades da capital e dos municípios de Coari, Humaitá, Itacoatiara, Maués, Parintins, Tabatinga e Tefé.

Esses números permitem destacar o interesse por parte da população carcerária quanto ao Enem-PPL, já que o mesmo possibilita aos participantes concorrer a uma vaga de curso de ensino superior pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou Programa Universidade Para Todos (Prouni) seguindo o mesmo padrão aplicado aos alunos regulares do Ensino Médio.

Para o secretário de Estado de Administração Penitenciária, coronel da Polícia Militar do Amazonas, Cleitman Coelho, a participação dos internos no Enem-PPL é um incentivo ao acesso à educação e abre portas para oportunidades concretas de profissionalização. “Os detentos são estimulados para que haja uma perspectiva de vida positiva e engajamento quanto à entrada no mercado de trabalho, fazendo-os entender que um curso superior abre portas e os afasta do mundo da criminalidade”.

publicidade

Ação conjunta

A participação dos internos do Amazonas no Enem-PPL ocorre desde o ano de 2012 e já registrou um total de 42 aprovações no Amazonas. Este resultado parte da ação conjunta entre a Esap da Seap com o projeto de Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), através dessa iniciativa os internos recebem aulas diariamente com os conteúdos nas áreas de Ciências Humanas, Exatas, Tecnológicas, Biológicas e Redação. Afim de prepara-los para as provas.

Provas

As provas do Enem 2018 são compostas por 45 questões objetivas cada, de múltipla escolha, além de uma redação. O tempo de realização é variável: no primeiro dia (11), os participantes terão 5h30 para responder questões de Redação; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Ciências Humanas e suas Tecnologias. Já no segundo dia (12), são aplicadas em 5 horas avaliações de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

*Com informações da assessoria de imprensa

publicidade
publicidade
Alunos que tiveram a isenção no Enem negada podem entrar com recurso
Mais de 3,6 milhões de estudantes pediram isenção da taxa do Enem 2019
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.