Publicidade
Manaus
POLÍCIA

Empresário é preso em motel por abusar de adolescente de 13 anos em Manaus

Tia da jovem também foi presa no local e R$ 10 mil que seriam pagos pelo programa foram apreendidos. Segundo a Polícia Civil, mulher é suspeita de ter rede de prostituição 08/08/2018 às 10:37
Show presos
Mulher de 28 anos e empresário foram presos na tarde dessa terça-feira (7) (Foto: Jander Robson/Freelancer)
Larissa Golvin Manaus (AM)

O empresário Fabian Neves dos Santos, 37, proprietário da ForteVip, foi preso em flagrante na tarde dessa terça-feira (7) abusando de uma adolescente de 13 anos em um motel na avenida Elias Ramiro Bentes, bairro Terra Nova, Zona Norte de Manaus. A tia da menina, uma mulher de 28 anos, foi presa por agenciar a jovem.

De acordo com a Polícia Civil, uma quantia de R$ 10 mil foi apreendida no carro do suspeito. O dinheiro seria usado para pagar o programa com a adolescente.

As investigações iniciaram na escola da adolescente. Segundo a Polícia Civil, a jovem apresentava um comportamento diferenciado, e professores desconfiaram que ela era agredida fisicamente pela família. A Polícia Civil informou que a mãe da jovem seria usuária de drogas, e há registro de abuso cometido pelo próprio pai biológico. Um tio era o responsável pela guarda dela, porém a tia agenciava a menina para a prostituição sob ameaças.

“A criança contou que essa tia falava que ela ia apanhar caso não mantivesse relações com os homens que ela conseguia para a menina. A vítima era obrigada a se prostituir”, contou a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

A delegada explicou que a tia da menina sempre acompanhava a vítima. “O empresário entrava no motel com a tia da menina ao lado dele e a adolescente ficava escondida dentro do carro para poder entrar no motel”, disse  a titular.

A delegada contou ainda que as investigações sobre o caso vão continuar, e que há suspeitas de outras jovens terem sido abusadas pelo suspeito. A tia da jovem é suspeita de ter uma rede de prostituição infantil. De acordo com a Polícia Civil, a tia pedia que a menina recrutasse colegas dela na escola para participarem do grupo.

A vítima foi levada para um abrigo onde aguardará uma decisão da Justiça. Os dois suspeitos serão encaminhados para Audiência de Custódia. Fabian foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável a tia da menina foi autuada em flagrante por favorecimento da prostituição ou exploração sexual infantil.

Publicidade
Publicidade