Publicidade
Manaus
CUSTO POLÍTICO

Ex-secretário Evandro Melo deixa CDPM 2 e passa a cumprir prisão domiciliar

O ex-secretário de Saúde, Pedro Elias, também deve deixar nas próximas horas o Centro de Detenção Provisória Masculino 31/01/2018 às 17:12 - Atualizado em 31/01/2018 às 17:20
Show evandro
Evandro Melo, ex-secretário de Administração da gestão José Melo. Foto: Arquivo AC
Camila Pereira Manaus (AM)

O ex-secretário de Administração Evandro Melo, irmão do ex-governador José Melo, saiu por volta das 16h35 do Centro de Detenção Provisória Masculino 2 (CDPM 2), no quilômetro 8 da rodovia BR-174. O ex-secretário de Saúde, Pedro Elias, que também conseguiu converter a sua prisão preventiva para domiciliar, ainda aguarda ser liberado.

Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Evandro deve ser monitorado por meio de tornozeleira eletrônica. Equipes de reportagem não foram autorizadas a ter acesso ao CDPM 2.

A prisão preventiva de Evandro Melo foi substituída para regime domiciliar após determinação do Tribunal Regional Federal de Brasília (TRF1). A decisão foi assinada na última terça-feira (30) pelo juiz federal Bruno César Bandeira Apolinário, do TRF1 de Brasília. Apolinário foi o relator convocado para examinar o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Evandro Melo.

O ex-secretário foi preso por conta da operação da Polícia Federal (PF) "Custo Político", um desdobramento da operação "Maus Caminhos" que desarticulou um esquema que desviou mais de R$ 110 milhões da Saúde.

Publicidade
Publicidade