Sexta-feira, 03 de Abril de 2020
Novidade

Expansão do programa ‘Elas na Direção’ contempla capital amazonense

Entre as novidades, está a opção de motoristas parceiras mulheres receberem chamadas apenas de passageiras mulheres



Uber01_9D6EBAA9-5524-4489-B70D-2D5844E1F04F.jpg Foto: Reprodução
12/03/2020 às 20:37

Conquistar a independência financeira sem abrir mão da flexibilidade de trabalhar de acordo com a sua rotina pessoal. Essa é a oportunidade que a Uber quer dar para milhares de mulheres brasileiras com o programa Elas na Direção.

Na semana marcada pelo Dia Internacional da Mulher, o programa, que foi lançado em formato piloto, no fim de 2019, anuncia grande expansão nacional, chegando a Manaus e mais cinco capitais brasileiras, é o caso de Recife, Salvador, Belo Horizonte, Goiânia e Brasília.



Criado em parceria com a Rede Mulher Empreendedora para aumentar e fortalecer a comunidade de motoristas parceiras da Uber no Brasil, o projeto contempla tanto mulheres que já dirigem usando o aplicativo como aquelas que ainda não se cadastraram.

O objetivo é tentar diminuir a desigualdade entre homens e mulheres no mercado.

Apesar de representarem 52,4% da população em idade de trabalhar, as mulheres respondem por apenas 45,6% do nível de ocupação no país, enquanto os homens são 64,3%, de acordo com o dados do IBGE.

"Ao analisarmos as questões de gênero, verificamos que a mulher tem impactos na sua taxa de sucesso devido, por exemplo, ao tempo disponível para trabalhar e conciliar as funções em casa e com a família, que continuam sendo de sua responsabilidade”, comenta Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora.

Para a fundadora, ter uma fonte de renda em que as horas trabalhadas são definidas pela própria mulher, como no caso de ser motorista parceira da Uber, favorece sua independência financeira.

A diretora geral da Uber no Brasil, Claudia Woods, explica que na Uber cada viagem pode gerar uma oportunidade econômica. “Mas, analisando a base de motoristas cadastrados, vimos que ainda existe uma grande diferença entre o número de homens e mulheres que, de fato, aproveitam essa oportunidade”, destacou.

De acordo com a diretora geral, as mulheres ainda representam 6% da base de motoristas parceiros que utilizam a Uber no Brasil.

Os motivos, segundo a diretora, vão desde a falta de conhecimento sobre o que é preciso para se cadastrar, passando pela falta de visibilidade sobre os ganhos potenciais e até os desafios de segurança que a nossa sociedade impõe.

Pensando nisso, no fim de 2019, a Uber criou Elas na Direção, um programa para incentivar que mais mulheres assumam a direção das suas vidas e tenham novas alternativas de renda, conquistando seus objetivos e sua independência pessoal e financeira, como motoristas parceiras da Uber.

Depois da fase de testes, que começou em Fortaleza, Curitiba e Campinas e chegou a outras sete cidades brasileiras, o projeto realiza sua primeira grande expansão pelo Brasil.

Além das vantagens oferecidas para quem já dirige usando o aplicativo da Uber, como o programa de vantagens Uber Pro, Elas na Direção conta com ações para as atuais mulheres motoristas e as que desejam se tornar parceiras da Uber.

Entre as novidades, está a ferramenta U-Elas, que permite que mulheres motoristas parceiras tenham a opção de receber somente chamadas de passageiras mulheres. A função estará disponível a partir do próximo dia 30.

"Para se sentirem mais à vontade, as motoristas podem optar por levar apenas usuárias que se identificam como mulheres, sejam cis ou trans. A ferramenta U-Elas pode ser ligada a qualquer momento e estará disponível exclusivamente para parceiras mulheres”, afirma Woods.

Segundo Woods, o intuito é que esse seja um primeiro passo para que no futuro se tenha um número suficiente de mulheres dirigindo para também oferecer essa opção para usuárias mulheres com a mesma eficiência que é marca registrada da Uber.

Incentivo

Para dar uma força a mulheres que querem se tornar motoristas, mas não têm carro próprio, a Uber e a Localiza Hertz fecharam uma parceria exclusiva.

Todas as parceiras cadastradas interessadas em alugar um veículo terão 10% de desconto sobre o valor especial já praticado pela Localiza para parceiros Uber.

De acordo com Tatiana Rocha, gerente de Marca da Localiza Hertz, a locadora conhece bem a jornada de seus clientes e cria soluções para melhorar a experiência de seus diferentes públicos -- e os motoristas parceiros de aplicativo são parte importante desse universo.

"Com o projeto Elas na Direção, uma iniciativa fundamental para o fomento do empreendedorismo feminino, esperamos atingir o mesmo sucesso que temos atingido em outras iniciativas firmadas com a Uber e que se tornaram case mundial para as duas empresas", diz a gerente.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.