Sábado, 24 de Outubro de 2020
CLIMA

Friagem deve chegar no Sul do AM, mas Manaus fica no calor

A notícia que a frente fria chegaria ao Amazonas animou, mas logo foi dissipada pois não alcança a capital



calor_1_7C9DE670-4617-4277-82FB-9C6F56716EFA.JPG Enquanto o resto do Brasil sentirá frio, Manaus segue sua rotina. Foto: Euzivaldo Queiroz
20/08/2020 às 07:43

A temperatura na região sul do Amazonas deve despencar nos próximos dias, conforme as previsões do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) e Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). No entanto, Manaus deve continuar a padecer com o calor “infernal”, típico dos primeiros meses do verão Amazônico.

Para se ter ideia, os municípios das calhas do Juruá, Purus e Madeira poderão chegar a temperaturas mínimas de 20°C a partir da madrugada desta sexta-feira até o próximo domingo, dia 23 de agosto.



O fenômeno chamado de friagem chegará ao Norte do país por conta da intensa massa de ar frio que avançou pela Argentina, Uruguai e, desde o dia 19, avançou também por parte do Sul do Brasil.

De acordo com o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), a frente fria estará acompanhada de chuvas e declínio de temperaturas na região.

“A frente fria poderá alcançar o setor sul-sudoeste do Amazonas durante a madrugada desta sexta-feira, provocando chuvas isoladas e declínio das temperaturas devido a cobertura de nebulosidade e avanço da massa de ar frio”, explicou a meteorologista do órgão, Deydila dos Santos.

“Esse fenômeno faz com que municípios abrangidos por este setor tenham suas temperaturas mínimas abaixo de 20°C, condição esta que deve perdurar até o domingo, quando as temperaturas começam gradativamente a ter um aumento nos dias subsequentes”.

A friagem, que tem a previsão de ocorrer até o domingo também chegará em setores como Oeste e Centro-Oeste do Amazonas, no entanto, o Sipam afirma que a baixa temperatura não será sentida pela população em Manaus.

“É interessante salientar que os modelos de previsão numérica de tempo indicam que a frente fria e a massa de ar frio em sua retaguarda estarão atuando em grande parte do país, porém não apontam o avanço até o setor da capital amazonense”, destacou a meteorologista.

“A massa de ar frio deverá atuar também nos setores oeste e centro-oeste durante o final de semana, com padrão de queda das temperaturas menos acentuado que o setor citado anteriormente”. A Defesa Civil do Amazonas emitiu, ontem, um informativo através do Centro de Monitoramento e Alerta – CEMOA a respeito do evento de friagem no Sul do Estado.

O órgão ressaltou que entende a importância de informar a população sobre a probabilidade de ocorrer fenômenos adversos, como o evento de friagem, sendo inclusive um fenômeno tipificado na Codificação Brasileira de Desastres (COBRADE) devido à queda de temperatura do ar atípica na região. Ainda de acordo com a Defesa Civil do Estado, baseado em saídas de modelos numéricos de previsão de tempo disponibilizadas por institutos como INMET e CPTEC, é possível prever as áreas que potencialmente podem ser afetadas pelos eventos meteorológicos.

No caso da friagem, entre os dias 21 e 22 de agosto, poderá ser perceptível no extremo sul do Estado do Amazonas, cobrindo municípios das calhas do Juruá, Purus e Madeira.

 “Conforme o sistema frente fria se desloca no sentido sul-norte, há organização dos sistemas convectivos proporcionando chuvas e na sua retaguarda uma massa de ar de características seca e fria, responsável pelo declínio acentuado na temperatura do ar”, complementou a meteorologista da órgão estadual, Patrícia Guimarães.

“A partir da tarde da quinta-feira, o ar frio deverá avançar rapidamente pelo interior do continente atingindo os demais estados do Sul, centro oeste e parte sul do Amazonas, onde passa a ser configurado o fenômeno de friagem que ocasiona declínios na temperatura do ar”, disse ainda.

Frente fria histórica

A frente fria de importância histórica pode estar chegando ao Brasil. Que o fenômeno trará consequências inesperadas para o clima do país, os meteorologistas não têm dúvidas, mas o fato é que essa frente fria poderá ter a mesma dimensão de massas polares.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.