Quinta-feira, 04 de Junho de 2020
ATUAÇÃO

Governo convoca universitários da área da saúde para reforço contra coronavírus

"Iremos convocar os estudantes da área da saúde de todas as faculdades do Amazonas", disse o governador Wilson Lima (PSC) durante transmissão ao vivo pela rede social oficial do governo no Facebook. Amazonas possui três casos confirmados



voluntario_693BE977-2755-41AA-9028-EFCFAE343795.JPG Foto: Reprodução/Internet
19/03/2020 às 17:46

O governo do Amazonas decidiu convocar universitários da área da saúde para auxiliar no processo de conscientização, prevenção e atuação contra o avanço do coronavírus no estado. Nesta quinta-feira, a Fundação Vigilância e Saúde do Amazonas (FVS-AM) anunciou o terceiro caso confirmado no Amazonas desde o final de fevereiro. Universitários devem auxiliar serviço de saúde estadual em ações com a população.

Dentre as medidas, os universitários nos primeiros anos de graduação poderão ser chamados para atuarem em call-centers que o governo pretende criar em parceria com as universidades e empresas. Nestes locais centenas de ligações devem ser recebidas e os alunos poderão auxiliar com dicas. Já para quem está nos anos finais de formação, geralmente no 7º ou 8º período, a atuação pode ser em postos de saúde que funcionam como triagem para auxliar pacientes com suspeitas. 

"Iremos convocar os estudantes da área da saúde de todas as faculdades do Amazonas", disse o governador Wilson Lima (PSC) durante transmissão ao vivo pela rede social oficial do governo no Facebook. O governador classificou o momento de prevenção como uma guerra. 

"Estamos em uma guerra, estamos trabalhando 24h por dia. Inclusive o pessoal da FVS trabalha durante a madrugada. Nós estamos tomando as medidas que são duras, mas que são necessárias para proteger nosso cidadão. Podem contar com o governo do Amazonas. Essa é uma guerra que não é só do governo, essa é uma guerra de todos. Todos estamos sofrendo por conta do coronavírus", disse.

Casos

Durante a transmissão ao vivo,  Wilson Lima confirmou o terceiro caso do novo coronavírus em Manaus. O anúncio foi realizado nessa tarde de quinta-feira (19) durante uma live por meio da rede social oficial do governo nas redes sociais. O novo caso confirmado é de uma pessoa que chegou do Peru e que segue em isolamento domiciliar.

Wilson Lima acrescentou que o governo assinou um decreto autorizando o fechamento de academias por 15 dias na capital, além de estender a suspensão de aulas para todas as cidades do Amazonas.



Sete em análise

Segundo o governo, o Amazonas soma 52 casos suspeitos, deste total, 42 já foram descartados, e sete estão em análise. Os três pacientes testados positivo não precisaram de internação. O Estado tem 383 leitos de UTI na rede pública e 50 deles foram preparados e reservados para pacientes com covid-19, no Hospital Delphina Aziz, em uma primeira fase da pandemia. Caso seja necessário, esse número (de leitos exclusivos) subirá para 120 e depois para 300.

Segundo informes médicos, mais de 80% dos pacientes de covid-19 não evoluem para casos graves, manifestando somente sintomas de uma gripe forte (com febre e tosse seca). Também há muitos registros de pacientes assintomáticos (que combatem o vírus no organismo sem sentir nada). 

Com o cenário o Amazonas passa a ter três casos confirmados. A primeira paciente que veio de Londres e foi internada na última semana em Manaus, é considerada curada pela Fundação Vigilância em Saúde. O segundo paciente confirmado é um médico que veio da Espanha. Ele está em isolamento em casa e é acompanhado por técnicos de saúde. O terceiro segue em acompanhamento médico e é um paciente que veio do Peru.

Interior

O secretário Rodrigo Tobias acrescentou, durante a coletiva, que o interior do Amazonas irá ser atendido por uma aeronave com Unidade de Tratamento Itensivo. Até o momento não há casos suspeitos no interior do Amazonas. 

Ontem (18) manhã o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou que dois ministros, general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), e o almirante Bento Barroso, de Minas e Energia, testaram positivo para o novo coronavírus. Em todo o Brasil, três mortes até o momento foram confirmadas pelo Ministério da Saúde.



 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.