Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
ZONA CENTRO-OESTE

Homem é procurado por se masturbar em frente de adolescente de 12 anos

Crime aconteceu no bairro da Redenção. Criminoso foi flagrado por uma câmera de segurança da casa da vítima



masturbar_66DD763B-0DC5-40F1-831F-CC63CCC32E5C.JPG
O crime aconteceu em plena luz do dia. O homem ainda não identificado pela polícia ficava o tempo todo tentando fechar o portão para não ser visto pelos transeuntes. Foto: Divulgação
10/01/2019 às 01:03

A Polícia Civil procura por um homem até o momento não identificado que se masturbou em frente a uma adolescente de 12 anos, no bairro da Redenção, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

De acordo com a mãe da adolescente, ela e a filha moram em um apartamento em uma vila, e na manhã terça-feira (8), a adolescente estava saindo para ir até uma padaria próxima ao local, quando no momento em que abria o portão, foi surpreendida por um homem ainda não identificado que afirmou que queria falar com a dona do imóvel, que mora no andar de cima. Após o homem falar o nome da proprietária, a adolescente achou se tratar de um conhecido dela e apontou o local.

Nas imagens de vídeo do circuito de segurança é possível ver o homem tocando em suas partes íntimas enquanto conversava com a garota que, após mostrar o local, saiu para realizar as compras enquanto o homem seguiu em direção à casa indicada, mas decidiu voltar e esperar a menor. Enquanto aguardava, o homem abre o zíper, coloca o órgão genital pra fora da bermuda e continua se masturbando. A adolescente chega, ele continua fazendo perguntas e continua o ato libidinoso.

A todo o momento, ela abria o portão e ele fechava para que não fosse visto por pedestres que passavam na rua. Segundo a mãe, a adolescente assustada, não teve reação e aguardou o homem ir embora, trancou o portão e contou tudo para sua mãe, que a aguardava na sala de casa, a menos de cinco metros de onde acontecia o crime.

O homem, de acordo com a vítima, aparenta a ter entre 35 e 40 anos, e acredita que seja usuário de drogas, em razão de algumas características apresentadas em seu comportamento e aparência.

A proprietária, após analisar as imagens, disse não conhecer o criminoso.

A dona de casa relatou que mora a mais de um ano no apartamento e que poucas foram às vezes que a filha saiu para fazer compras em estabelecimentos próximos, por temer que algo acontecesse com a filha.

“Sempre instrui minha filha sobre o que fazer nesses casos, a não abrir a porta pra desconhecidos, mas por viver dentro de casa, ela não vê maldade em ninguém”, contou a mãe, ainda muito nervosa.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) cerca de 30 minutos depois do ocorrido. De acordo com a delegada titular da Depca, Joyce Coelho, após o boletim, a família afirmou levar até a unidade policial o vídeo que flagrou o ato, e outros vídeos de estabelecimentos próximos para descobrir a autoria do crime, que já está sendo investigado.

A vítima recebeu o atendimento psicológico e foi levada pela mãe para casa de parentes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.