Publicidade
Manaus
TRÂNSITO

Idosa morre atropelada ao atravessar faixa de pedestre na Alameda Cosme Ferreira

Segundo a PM, a mulher de 73 anos foi arremessada a 40 metros. O condutor do veículo estaria em alta velocidade e teria ingerido bebida alcoólica. Ele ainda colidiu com outro carro ao tentar fugir e foi agredido por populares 13/12/2018 às 12:20 - Atualizado em 13/12/2018 às 14:32
Show iml 3 03368a06 d932 4a52 9c54 735892df23bc
O Instituto Médico Legal fez a remoção do corpo com a presença de familiares (Foto: Arquivo AC)
Amanda Guimarães Manaus (AM)

Uma idosa de 73 anos, até o momento não identificada, morreu atropelada por um carro ao atravessar uma faixa de pedestre na Alameda Cosme Ferreira, na manhã desta quinta-feira (13), próximo da Pousada Chamego, na Zona Leste de Manaus. Segundo a Polícia Militar, a mulher foi arremessada a 40 metros de distância e o condutor do veículo, identificado como André da Silva Alves, de 18 anos, estaria em alta velocidade.

Conforme o aspirante Eduardo Alves, da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o motorista ainda colidiu com outro veículo ao tentar fugir e foi preso no local do acidente. “Ela (vítima) estava atravessando na faixa de pedestre quando o carro modelo Golf, de cor prata, vinha em alta velocidade. O condutor não conseguiu parar e atingiu a idosa. A mulher foi arremessada a 40 metros e morreu antes de cair no chão”, explicou o policial.

De acordo com a polícia, a suspeita é que o motorista tenha ingerido bebida alcoólica. “O motorista tentou fugir, acabou colidindo contra outro carro e foi pego por populares. Eles queriam linchá-los, mas acabamos o retirando do local para preservá-lo. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia”, contou o aspirante, acrescentando que André passará por um exame. “Ele vai passar por um exame para comprovar se bebeu antes de dirigir”, relatou.

Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) estiveram no local e removeram o carro da via. O corpo da vítima foi retirado pelo Instituto Médico Legal (IML) com a presença de familiares da idosa. 

Publicidade
Publicidade