Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020
REUNIÃO

Ministro da Infraestrutura receberá bancada do AM para tratar sobre a BR-319

De acordo com a assessoria do deputado Pablo Oliva (PSL), reunião foi agendada para o dia 5 de fevereiro. Bancada defenderá início das obras de recuperação, segundo ele



BR319_B7B4BDAF-D77C-43D4-B0B2-D0227BCEE733.JPG
26/01/2019 às 10:15

O ministério da Infraestrutura e Transporte confirmou para o dia 5 de fevereiro a reunião com deputados federais e senadores do Amazonas para discutir a recuperação da rodovia BR-319, de acordo com a assessoria de imprensa do deputado federal eleito Delegado Pablo Oliva (PSL).

Segundo a assessoria do parlamentar, o segundo mais votado pelo Amazonas nas últimas eleições, a solicitação da reunião foi feita durante encontro com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, na última quarta-feira (23), em Brasília.



O deputado disse que também convidou o governador do Amazonas, Wilson Lima, a participar do encontro. “Será a primeira reunião dos novos governos federal e estadual para discutir a situação de abandono da BR-319”, explicou Pablo Oliva. “Os deputados e senadores do Amazonas vão defender o início imediato das obras de recuperação da estrada”, acrescentou.

Na última sexta-feira (25), a BR-319 foi novamente fechada para o tráfego de veículos por causa da falta de condições de trafegabilidade no trecho que vai do quilômetro 250 ao 655, também conhecido como “meião”.

O ministro Tarcísio Freitas disse que pretende percorrer os 855 quilômetros da BR-319, que liga Manaus a Porto Velho, e ver de perto a situação de conservação da rodovia. “Vamos convidar os deputados e senadores do Amazonas e Rondônia para integrar uma comitiva que vai percorrer a estrada”, anunciou o ministro. “Vamos trabalhar juntos pela recuperação dessa importante estrada que liga o Norte ao resto do País”, completou o ministro


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.