Protesto

Motoristas de aplicativo fazem manifestação e fecham parte da avenida Djalma Batista

No sábado também está prevista uma manifestação de motoboy contra as taxas altas que são cobradas em aplicativos

Thiago Monteiro
10/09/2021 às 23:46.
Atualizado em 08/03/2022 às 23:37

(Foto: Reprodução)

Motoristas de aplicativos pararam na tarde desta sexta-feira (10), a avenida Djalma Batista, no bairro Nossa Senhora das Graças, na Zona Centro-Sul de Manaus. De acordo como o motorista Alexandre Santini, a manifestação está ocorrendo por causa do aumento no preço da gasolina na cidade.

“Esse um serviço que faz parte do cotidiano das pessoas, do dia a dia. Quando você pensa em ir a algum lugar já vem na cabeça pedir um aplicativo. A Djalma Batista não está fechada completamente e deixamos uma faixa liberada”, disse o manifestante.

O trânsito na avenida ficou lento e afetou outras vias da capital amazonense. Agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) estiveram no local para ajudar na fluidez dos veículos na faixa que estava liberada pelos motoristas de aplicativo.

Neste sábado (11), também está prevista uma manifestação de motoboy contra as taxas altas que são cobradas em aplicativos, além de pedir mais segurança para categoria. A concentração da greve acontecerá na Ulbra, localizada no bairro Japiim, Zona Sul de Manaus.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por