Publicidade
Manaus
AUXÍLIO

Núcleo de Atendimento Prisional é inaugurado no CDPM pela Defensoria Pública

Espaço vai funcionar com defensores públicos e assistente jurídico e atenderá em média 50 presos a cada semana 27/08/2018 às 16:50
Show dpe 708b7fbf 0189 4240 9894 b74d9b2db23f
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

A Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM) inaugurou nesta segunda-feira (27) o 1º Núcleo de Atendimento Prisional no Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM). A DPE espera contribuir reduzindo a tensão no local informando aos detentos sobre seus direitos.

Atualmente 522 homens estão presos e outros deverão ser encaminhados para o local, já que a unidade tem 1.000 vagas. O coordenador do núcleo, defensor Thiago Nobre Rosas, afirmou que a expectativa para o atendimento é muito positiva na medida em que a DPE tem a missão constitucional de prestar atendimento a todos os cidadãos e cidadãs. O núcleo vai funcionar com dois defensores e um assistente jurídico e deverá atender em média 50 presos a cada semana.

“Esse núcleo abre um novo tempo para a Defensoria e para o Estado e é importante destacar que ele não vai trabalhar para soltar as pessoas que não precisam sair, mas as que merecem sair”, afirmou o coordenador, lembrando que essa atuação reduz as possibilidades de rebeliões, sempre com alto custo para a sociedade.

O defensor público geral, Rafael Barbosa, afirmou que, com esse núcleo, a Defensoria vai contribuir para a redução da tensão naquele local porque os presos terão atendimento para saber dos seus direitos, como está evoluindo sua pena e quais as expectativa que têm para sair, não se tornando presas fáceis dos criminosos mais experientes.

De acordo com Thiago, a proposta é tornar a unidade um modelo de gestão prisional, com assistência jurídica da DPE e da saúde pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam).

Publicidade
Publicidade