PRECAUÇÃO

Parques terão horários de funcionamento reduzido; equipamentos são interditados

Parquinhos infantis e academias ao ar livre de Manaus não podem ser usados. As medidas seguem protocolo de segurança e combate ao risco de disseminação do novo coronavírus

Portal A Crítica
19/03/2020 às 15:24.
Atualizado em 22/03/2022 às 16:50

(Foto: Divulgação)

Os parques urbanos e unidades de conservação municipais terão os horários de funcionamento reduzidos e os equipamentos de uso coletivo, como parquinhos infantis e academias ao ar livre, interditados como medida de segurança e combate ao risco de disseminação do novo coronavírus, causador da Covid-19.

A medida passa a valer a partir desta sexta-feira, 20/3, e atende às orientações do decreto no decreto 4.476, assinado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, estabelecendo medidas temporárias de prevenção no âmbito da administração municipal visando a segurança de servidores e usuários.

Os parques municipais Ponte dos Bilhares, na Chapada, e Lagoa Senador Arthur Virgilio Filho, no Japiim, passam a funcionar das 6h às 18h. Os equipamentos de uso comum, como parquinhos infantis e aparelhos de ginástica, serão interditados.

O Parque Municipal do Mindu, no Parque 10, funcionará de segunda a sexta, das 6h às 11h, e aos sábados e domingos, das 7h às 12h, tendo o acesso igualmente bloqueado ao playground, à academia ao ar livre e ao café regional no Chapéu de Palha, que permanecerá também fechado. Os logradouros poderão continuar sendo utilizados nos horários de funcionamento para caminhadas.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por