Publicidade
Manaus
ACIDENTE

PM morre após ser atropelado enquanto trabalhava em blitz; suspeito fazia 'pega'

Caso ocorreu na madrugada deste sábado (8) no bairro Ponta Negra. Policial Militar foi lançado a mais de 50 metros com o impacto 08/12/2018 às 10:37 - Atualizado em 08/12/2018 às 11:47
Show kleber f29b8bcd 618e 44bc b68c 59500726c42b
Foto: Divulgação
Álik Menezes Manaus (AM)

O soldado da Polícia Militar Kleber Ricardo Gomes Ventilari, de 27 anos, morreu, na madrugada deste sábado (8), após ser atropelado na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, Zona Oeste da Cidade. O soldado estava de serviço e era lotado no 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP). 

O acidente ocorreu por volta das 4h da manhã de hoje. Segundo sargento da Polícia Militar e presidente da Associação de Cabos e Soldados, Igor Silva, o soldado foi atropelado na avenida Coronel Teixeira, no sentido Centro, próximo a 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), enquanto trabalhava numa blitz policial. 

Segundo Silva, o infrator, identificado como Thomé Matheus Jesus Torres, dirigia um carro marca Pegeot, de placas NPA 3530, em alta velocidade e atropelou o soldado. O impacto foi tão forte que Kleber foi lançado a mais de 50 metros. 

"Um policial de serviço, numa abordagem policial, numa via iluminada, um policial foi assassinado. Segundo informações, esse assassino estava fazendo um pega e jogou nosso colega a mais de 50 metros. Nós vamos estar na frente do Fórum para pedir que o juiz não libere esse criminoso", disse o presidente da Associação. 

Além da versão contada pelo presidente da Associação de Cabos e Soldados, há outra versão. O soldado estaria ajudando um condutor de uma caminhonete que colidiu com uma árvore no canteiro central. No momento que saia do carro, o PM foi atropelado que vinha em alta velocidade. 

O infrator foi detido e está no 19° Dip. Ele deve ser encaminhado para Audiência de Custódia.

Publicidade
Publicidade