Publicidade
Manaus
VEÍCULOS

Maior praticante de furtos de interior de veículos do Amazonas é preso pela polícia

Rhanderson Pond Barros e mais dois comparsas fazem parte, segundo a polícia, de uma quadrilha especializada em furtar a parte interna dos carros usando a ferramenta “chapolin”. Grande quantidade de objetos furtados foi apreendida 11/02/2019 às 11:00 - Atualizado em 11/02/2019 às 11:13
Show 7c3ca581 990f 40a8 aea0 142f4b32ea2e b67908fe d3db 43ee 9bed d25a175849f5
Foto: Jair Araújo
Márcia Monteiro Manaus (AM)

Integrantes de uma quadrilha especializada em roubos e furtos em Manaus foram presos e apresentados na manhã de hoje (11) na Delegacia Geral. Um dos membros do bando é considerado o maior praticante de furtos de objetos do interior de veículos do Amazonas, segundodisse o delegado Sinval Barroso, diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

Rhanderson Pond Barroso, de 30 anos, Muriel Mendonça de Souza, 27, e Wendel Oliveira Linhares, de 28, já estavam sendo investigados desde que furtaram o notebook e dinheiro da dona de uma empresa de eventos em Manaus. Eles também foram responsáveis, segundo a polícia, por clonar o cartão de um secretário do Governo do Estado, que teve um prejuízo estimado em R$ 35 mil em compras feitas com cartão de crédito dele.

Durante a prisão do bando, a polícia recuperou uma grande quantidade de objetos furtados das vítimas, entre sapatos, bolsas, celulares, carteiras, joias e dinheiro.


Ferramenta “chapolin” usada pelos criminosos (Foto: Jair Araújo)

Segundo o delegado Sinval, os homens não agiam com violência. Eles se aproveitavam da distração dos donos de veículos e utilizavam um aparelho conhecido como “chapolin” para entrar nos automóveis. Acionando o “chapolin”, os infratores impediam que o alarme do carro fosse ativado e as portas fossem travadas. Com o automóvel sem proteção de segurança, os criminosos praticavam os crimes.

Além dos furtos na área interna de veículos, os membros da quadrilha também eram responsáveis por comprar carros financiados em nome de “laranjas” e, depois, enviava tais veículos para outras cidades, dando prejuízo a instituições bancárias.

Conforme o delegado Sinval, Wendel era quem escolhia os alvos. Já Rhanderson é apontado como maior autor de furtos de veículos do Estado devido à grande quantidade de boletins de ocorrência contra ele. Era Rhanderson quem subtraía os objetos. Muriel ajudava na fuga.

De acordo com a polícia, os três homens já tinham passagens aéreas compradas para fugir para o Estado do Ceará. Eles foram presos em bairros da Zona Leste de Manaus e agora, autuados por associação criminosa e furto, ficarão à disposição da Justiça.

Rhanderson, Muriel e Wendel (Foto: Jair Araújo)

Publicidade
Publicidade