Publicidade
Manaus
RECOMENDAÇÃO

Saiba medidas de prevenção contra o vírus H1N1 e quais são os sintomas da Influenza

Balanço apontou nove mortes no Amazonas provocadas pela Influenza A e 126 casos notificados. Especialista recomenda manter distância de pessoas com sintomas de gripe em lugares lotados no Carnaval 25/02/2019 às 18:49
Show show show 1010068 04042016  abr0971 1 89a8f4ac d66f 4483 9e4b 30768036a46f
Foto: Divulgação
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Lavar frequentemente as mãos, usar lenços de papel e evitar lugares no Carnaval onde haja pessoas com sintomas de gripe estão entre as recomendações do Governo do Estado. Balanço divulgado nesta segunda-feira (25) apontou nove mortes no Amazonas provocadas pela Influenza A e 126 casos notificados. Vinte e três Unidades Básicas de Saúde (UBSs) receberam antivirais para serem distribuídos.

Entre as medidas de controle, o Governo destaca lavar com freqüência as mãos antes de tocar nos olhos, boca e nariz e após espirrar. Usar lenços de papel (descartável) para proteger a boca e nariz, álcool gel também é aconselhado.

Para pessoas que estão doentes, a orientação é ficar em repouso, alimentação balanceada e ingestão de líquidos adequada, evitando contato com outras pessoas em ambientes fechados e aglomerados. Além disso, é necessário evitar a exposição de menores de cinco anos ao clima chuvoso, bem como manter ambientes bem ventilados. Em caso de febre, tosse, dor de garganta, falta de ar ou qualquer outro sintoma associado, a orientação é procurar o serviço de saúde para melhor avaliação.

Sintomas

A Influenza é considerada uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório, caracterizada por febre alta de início súbito, acompanhado por intensas dores musculares e articulares, dor de cabeça, dor de garganta e coriza.

Os sintomas podem evoluir para falta de ar e outras complicações respiratórias. As pessoas que possuem algum fator de risco para complicações ou alguma imunodeficiência - possuem um risco maior e podem apresentar complicações respiratórias associadas à infecção viral.

A gripe é transmitida pessoa a pessoa, ao falar, tossir, espirrar, principalmente, e pelas mãos que transmitem o vírus por contato direto ou contaminando superfície e objetos.

Diferenças

De acordo com o infectologista da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Antônio Magela, há uma diferença entre o vírus H1N1 e o Sincicial Respiratório. Nove mortes foram registradas pela Influenza causada pelo H1N1 e uma pelo Sincicial.

“São dois vírus diferentes que causam duas doenças diferenças. O primeiro acomete pessoas de várias idades, enquanto o segundo causa a bronquiolite. É um processo infeccioso mais comum em crianças menores de um ano”, explicou.

Segundo ele, o risco de contrair o H1N1 é maior em grupos como idosos, crianças, pessoas obesas, gestantes, usuários de corticóides ou com doenças crônicas. Magela ressalta que é necessário buscar o tratamento assim que identificado os sintomas. “Quando a gente fala de gripe, estamos falando de 20% da população mundial que contrai e fica curada de 7 a 10 dias. No entanto, 5% dessas pessoas podem apresentar quadros clínicos graves, então é importante tratar com cuidado para evitar problemas maiores”.

Para lugares com grande número de pessoas nessa época do Carnaval, o infectologista orienta manter distância de pessoas com sintomas de gripe. “O que a gente fala é evitar principalmente aglomerações com pessoas que estão com sintomas de doenças respiratórias. Pessoas que estão doentes também não devem ir pro Carnaval e ficar isoladas. Uma pessoa doente é um fator de transmissão”, informou.

Reforço de medicamentos

Além do reforço do Tamiflu (medicamento para tratamento de gripe) nas unidades de saúde, a Prefeitura de Manaus executa ações para o controle da Influenza A (H1N1), por meio do monitoramento e manejo clínico das síndromes gripais.

Dentre as ações destacam-se: levantamento da situação vacinal das crianças menores de cinco anos e atualização das cadernetas de todas as vacinas, emissão de comunicado aos Distritos de Saúde (Disas) alertando sobre os fatores de risco e o atual cenário epidemiológico na cidade, investigação, acompanhamento e medidas de controle de todos os casos notificados pela equipe de vigilância epidemiológica.

Saiba quais unidades oferecem medicamento:  

LESTE

UBS LEONOR BRILHANTE - AV. AUTAZ MIRIM, 8004, BAIRRO TANCREDO NEVES

UBS AMAZONAS PALHANO - RUA ANTONIO MATIAS, BAIRRO SÃO JOSÉ

UBS ALFREDO CAMPOS - AV. COSME FERREIRA, ZUMBI

UBS GEBES MEDEIROS - AV. PIRARUCU, 100, JORGE TEIXEIRA

UBS IVONE LIMA - R. LUIS CORRENTE - 449-631, COROADO

 

NORTE

UBS AUGIAS GADELHA - RUA A, Nº 17, CIDADE NOVA

UBS SÁLVIO BELOTA - RUA JOÃO MONTE FUSCO, SANTA ETELVINA

UBS JOSÉ FIGLIOULO – RUA RIO ARINOS, S/Nº - CONJ RESIDENCIAL VIVER MELHOR, LAGO AZUL

UBS BALBINA MESTRINHO - RUA MAJ. SILVERIO J. NERY (RUA 170), NÚCLEO III , CIDADE NOVA

 

OESTE

UBS LEONOR DE FREITAS - AV. BRASIL, COMPENSA

UBS DEODATO M. LEÃO - AV. PRES. DUTRA, GLÓRIA

 

SUL

UBS DR. JOSÉ RAYOL - AV. CONSTANTINO NERY, CHAPADA

UBS MORRO DA LIBERDADE - RUA DONA MIMI (RUA SÃO BENEDITO), S/Nº, MORRO DA LIBERDADE

UBS NILTON LINS - COMPLEXO NILTON LINS - PARQUE DAS LARANJEIRAS

 

RURAL

UBS FLUVIAL DR. ANTÔNIO LEVINO

UBS FLUVIAL DR. NEY LACERDA

UBS ADA VIANA RODRIGUES - COM. NOVA CANAA (BR 174 R-10)

UBS PAU ROSA (R-41 R-42) RAMAL DO PAU-ROSA, ENTRADA DO KM 21, ASSENTAMENTO TARUMA-MIRIM – BR 174;

UBS SÃO PEDRO - COMUNIDADE BOM JESUS - AM 010 KM 25 E ADJACÊNCIAS;

UBS EPHIGENIO SALES (R-34) RAMAL ÁGUA BRANCA II, KM 45, RODOVIA AM-010;

UBS NOSSA SENHORA AUXILIADORA - COMUNIDADE N. S. AUXILIADORA - TARUMÃ MIRIM;

UBS NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - COMUNIDADE N. S. DE FÁTIMA - TARUMÃ MIRIM;

UBS NOSSA SENHORA LIVRAMENTO - COMUNIDADE N. S. DO LIVRAMENTO - TARUMÃ MIRIM.

Publicidade
Publicidade