Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
NETFLIX

Sem Spoilers: veja dez fatos sobre o primeiro episódio de Bandidos na TV

Série que retrata o Caso Wallace estreou na Netflix nesta sexta-feira (31) com sete episódios



caso_wallace_E3272B74-2700-4136-AB94-60E61F6F3E49.jpg Foto: Reprodução
31/05/2019 às 12:09

A série ‘Bandidos na TV’, que conta a história do Caso Wallace, estreou nesta sexta-feira (31) com sete episódios na Netflix. Cada um possui entre 45 e 55 minutos. Veja dez fatos que separamos - sem spoilers - sobre o primeiro episódio:

1. A música de abertura é “Hienas na TV” cantada pela cantora carioca Elza Soares. A canção faz parte do álbum mais recente dela, o “Deus é Mulher”. Trecho da música fala: “As hienas na TV, essa visão/ Sim, sei que podem devorar/ Podem se matar de rir/ Mas rir no fim, jamais”.



2. A classificação de “Bandidos na TV” na Netflix é para pessoas a partir de 16 anos. Há imagens reais de arquivos do extinto programa “Canal Livre” exibindo pessoas mortas e registros policiais.

3. A famosa briga entre o boneco Galerito, figura conhecida do Canal Livre, e o vendedor Gil da Esfirra, é mostrada com destaque no episódio de estreia.

4. Nas informações do catálogo, a própria Netflix caracteriza a série documental com cenas e momentos “controversos” e “provocantes”.

5. A jornalista amazonense Ana Sena é citada nos créditos do primeiro episódio como produtora assistente. “Foi a maior experiência profissional da minha vida. Pude aprender muita coisa, ouvir muita coisa e saber de histórias que nunca foram a público. Acredito que a série está muito redondinha. Tem muita informação e está imparcial”, disse Ana Sena.

6. No primeiro episódio, são mostradas várias imagens de Wallace Souza em campanha política. Aparecem, nas imagens, figuras expressivas do cenário político local, como o senador Eduardo Braga, o deputado federal Bosco Saraiva, o presidente da Assembleia Legislativa, Josué Neto, o ex-governador Amazonino Mendes e o ex-senador e ex-prefeito de Manaus Alfredo Nascimento.

7. Entre os familiares de Wallace, apenas a irmã dele, Marlúcia Souza, e o filho, Willace, dão depoimentos. Os irmãos Carlos e Fausto, que também apresentaram o programa Canal Livre, aparecem apenas em imagens de arquivo.

8. Para a produção da série, a equipe contou com uma assessoria jurídica composta por oito advogados de três escritórios diferentes.

9. A série brasileira é contada em português, mas é possível assisti-la em 10 idiomas diferentes, incluindo russo, alemão, árabe e polonês.

10. O jornal A Crítica e a TV A Crítica são citados como fornecedor de imagens para “Bandidos na TV”. Também são mostradas imagens gravadas na redação do jornal.

News neto bd12a5ae eda4 4207 9d84 b31319daf9e8
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.