Publicidade
Manaus
ZONA OESTE

Travesti é morta com cinco tiros no bairro Vila da Prata em Manaus

Gabriella Torres, de 30 anos, foi morta por dois homens em uma motocicleta enquanto caminhava pelas ruas do bairro 20/11/2018 às 12:02
Show travesti 8b2c11fe 94a9 4e2b bc8b 8e1d73074dbf
Foto: Divulgação
Fábio Oliveira Manaus (AM)

A travesti Gabriella Torres, de 30 anos, com nome de nascimento Gabriel Torres, foi assassinada com ao menos cinco tiros na noite de segunda-feira (19). O crime aconteceu na Travessa Ajuricaba, no bairro Vila da Prata, na Zona Oeste de Manaus. Gabriella, como era chamada por amigos e familiares, respondia no Tribunal de Justiça do Amazonas pelo crime de tráfico de drogas.

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), a travesti caminhava pela rua, quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta, de cor vermelha e placa não identificada. Um dos suspeitos se aproximou e efetuou os disparos à queima-roupa em Gabriella, que ainda foi socorrida com vida para o Serviço de Pronto-Atendimento Joventina Dias, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo o relatório do Ciops, a travesti foi atingida no tórax, braço e perna. O crime aconteceu por volta das 23h15, mas Gabriella morreu cerca de quase duas horas depois, conforme registro do Instituto Médico Legal (IML). A ocorrência foi atendida por policiais militares da 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e, segundo informações de populares aos PMs, a travesti era envolvida com o tráfico na área.

Publicidade
Publicidade