BUSCAS

Jornalista fotografou homens que fizeram ameaças com arma de fogo

Informação é do coordenador da Unijava, que identificou os responsáveis pelas ameaças como 'Jânio' e 'Pelado'

acritica.com
07/06/2022 às 10:04.
Atualizado em 07/06/2022 às 10:04

O jornalista britânico Dom Phillips, que está desaparecido na área do município de Atalaia do Norte, no Amazonas, fotografou três pessoas que fizeram ameaças a um grupo de vigilância em uma terra indígena daquela região.

A informação foi repassada pelo coordenador da Associação Indígena do Vale do Javari, Paulo Dollis, que afirmou que a equipe da Unijava que faz vigilância nessa área foi ameaçada no sábado. Junto a essa equipe de vigilância, além de Dom Phillips, estava o indigenista Bruno Araújo, servidor licenciado da Fundação Nacional do Índio.

Ainda segundo o coordenador da Unijava, dois homens identificados como ‘Jânio’ e ‘Pelado’ chegaram a ir, no sábado (4), até o local onde Bruno e Dom Phillips realizavam seus trabalhos, em um posto da Unijava, no limite da terra indígena, para intimidá-los com arma de fogo.

"Por lá eles ficaram mostrando arma de fogo para o pessoal que atua ali, ameaçando eles. Inclusive o jornalista Dom Phillips chegou a tirar fotos quando os homens estavam mostrando as armas de fogo para eles Quando foi no domingo, que o Bruno retornaria para a cidade, foi quando acabou acontecendo esse desaparecimento", destacou.

Jânio é um dos suspeitos que foi detido ontem pela Polícia para prestar esclarecimentos. Ainda não há informações sobre teor do depoimento prestado por ele às autoridades que atuam no caso.  As buscas pelos desaparecidos devem ser reforçadas nesta terça-feira.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por